Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Cupra mostra como desenvolveu o seu novo Tavascan

Totalmente focada no mundo e determinada em marcar a diferença, a Cupra divulgou um vídeo em que nos mostra diversos detalhes do seu novo Concept totalmente elétrico.

Os automóveis elétricos estão garantidamente no nosso futuro, mas se encontram a transformar muitas das coisas que conhecemos no presente. As soluções de mobilidade elétrica trazem diversas novidades em termos de design, uma vez que também permitem um pouco mais de liberdade na sua conceção.

Foi justamente o que aconteceu com o novo Concept da Cupra, que está presente nesta edição do Salão de Frankfurt, com uma aerodinâmica muito cuidada e que recorre à utilização de materiais de peso mais reduzido de forma a otimizar a sua eficiência energética.

“Ao projetar um modelo elétrico, o desafio mais importante é a eficiência aerodinâmica”, explica Alberto Torrecillas, designer da CUPRA. Para isso, surgem, de forma natural, do corpo do concept, asas e apêndices. “Tudo é esculpido com a intenção de dar alma ao veículo. Não há nada que pareça ser feito por uma máquina, os apêndices nascem como se fossem um músculo que aparece do próprio corpo e define os extremos do SUV coupé da CUPRA. Desta forma, obtém-se uma menor resistência ao ar e aumenta-se a autonomia”.

A utilização de eletricidade nesta nova geração de modelos não dispensa a utilização de pesadas baterias para alimentar todo o sistema elétrico, pelo que é necessário recorrer a novos materiais de forma a compensar este acréscimo de peso e no caso do Tavascan da Cupra “todo o concept é feito de fibra de carbono, pois este é o material que queremos usar para representar o conceito de peso leve”, diz Torrecillas.

As rodas de 22 polegadas estão otimizadas para a poupança de energia através de um desenho que beneficia o arrefecimento do sistema de travagem, mas também o funcionamento do sistema de regeneração de energia através da travagem, componente chave nos automóveis elétricos.

Nesta nova geração de modelos, a grelha dianteira passa um pouco para segundo plano e deixam de estar presentes elementos como o sistema de escape, por exemplo, que, segundo Torrecillas, “ajuda a criar uma simetria perfeita. A frente é um conceito completamente novo. É projetado com grandes entradas de ar, todas funcionais. Há duas entradas que esculpem toda a secção da frente que canaliza o ar e uma cortina de ar que o direciona e expulsa através do capot”, diz-nos o Designer da Cupra.

No habitáculo, é necessário incluir o espaço destinado às enormes baterias, mantendo um conforto a bordo elevado e um ambiente cativante. “Para maximizar o espaço, desenhámos um interior com quatro bancos desportivos em fibra de carbono e jogámos com elementos leves, como a aba do painel de instrumentos flutuante ou as duas consolas centrais”, afirma Marc Franch, designer de interiores da CUPRA.

As cores e os materiais também ajudam a criar uma sensação de amplitude. “Usamos napa branca tanto nos bancos como no topo do painel flutuante para alcançar esta sensação. A luz ambiente, exclusiva deste concept, faz com que a superfície pareça flutuar, contrastando com o piso de neopreno preto”, diz Frederik Baumann, designer de Color&Trim.

O novo Cupra Tavascan estará presente no espaço da Cupra, juntamente com outras ideias e com detalhes que nos mostram que esta nova submarca da Seat está determinada em criar modelos com a sua assinatura e sem depender da marca mãe.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
.PT promove talento feminino no sector da tecnologia
Marketeer
Primeiro Brand Storytelling da Auchan é português