Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Ensaio: Mercedes-AMG S63 4Matic+ Cabriolet – O lado negro do luxo

É impossível não ouvirmos a marcha imperial do Star Wars na nossa cabeça quando olhamos para este S63 AMG Cabrio, enquanto começamos a pensar qual será o preço dos orgãos no mercado negro e se precisamos mesmo de todos…

Já há diversos anos que o Mercedes-Benz Classe S representa o topo da oferta da marca em termos de luxo, conforto e requinte, mas a versão AMG parece elevar um pouco mais todos estes pontos e sem ter de se esforçar muito para isso. E a prova disso está presente logo desde os primeiros momentos deste ensaio, quando nos recordamos do momento em que nos aproximamos deste S63 AMG Cabrio com a chave na mão.

Enquanto caminhamos na sua direção, vamos percebendo as suas (enormes) dimensões, mas também a sua elegância, num misto de requinte com os mais poderosos traços da versão AMG. A predominância do tom negro evidencia os frisos cromados existentes na linha da cintura, em toda a secção traseira, nos para-choques e na moldura exterior do para-brisas, deixando os únicos apontamentos de cor para as óticas traseiras e para as pinças de travão pintadas de vermelho.

No habitáculo acontece precisamente o contrário, com os tons mais claros a ganharem o maior destaque e os elementos com o padrão da fibra de carbono a ficarem responsáveis pelo ambiente mais desportivo. O toque da pele fria dos assentos e a construção perfeita de todos os componentes que nos rodeiam, bem como a escolha de tons mostram-nos declaradamente que estamos perante algo de muito especial.

O brasão de Affalterbach gravado do apoio de braços e os logos da AMG existentes um pouco por toda a parte lembram-nos onde nasceu este S63 AMG Cabrio mas, para já, estamos apenas a aproveitar estes minutos de silêncio a bordo para emparelhar o telefone com o sistema do carro e apreciar o trabalho de isolamento acústico e térmico da capota de lona deste Classe S. Continua a ser uma capota de lona e o som do exterior será sempre audível, mas é necessário estar com atenção para percebermos do que se trata. Pelo menos, até ao momento em que acordamos o V8, o que nos faz querer abrir a capota e arrancar apreciando da melhor forma todos os elementos que nos rodeiam.

Num pequeno périplo pelas estradas mais secundárias da serra de Sintra é fácil perceber que são mais de cinco metros de comprimento e quase dois de largura, mesmo estando sentado numa autêntica poltrona com massagens e ventilação e numa posição perfeita ao volante, responsável por nos manter inalterado o sorriso que temos na cara. Lá à frente, o V8 biturbo com mais de 600 cavalos passa suavemente a potência e os 900Nm de binário para as quatro rodas com a ajuda da caixa automática de nove velocidades e temos de o provocar para fazer ecoar o som dos escapes da melhor forma pelo meio das árvores.

Já em autoestrada, elevamos o protetor de vento dianteiro e traseiro (de comando elétrico, claro), que nos permite manter a serenidade a bordo mesmo com o ponteiro do velocímetro nos 120 km/h. Neste modo, o V8 vai apenas a ronronar e a usar uma percentagem ínfima das suas potencialidades, provando que se consegue adaptar facilmente aos mais variados tipos de utilização.

Tal como um conhecido compositor de diversas peças musicais, a pessoa responsável pela montagem do motor V8 que equipa este S63 AMG Cabrio assina com o nome Strauss, Reinhard Strauss. É uma desculpa tão boa como qualquer outra para equipararmos este bloco de quatro litros com dupla sobrealimentação a uma verdadeira obra de arte, enquanto nos deixamos conduzir com a capota aberta por uma estrada deserta no meio do Alentejo, com o sistema de som da Burmester a debitar uma valsa de Strauss da melhor forma possível. De Johann Strauss e não a de Reihard Strauss. Essa melodia é outra e igualmente cativante, mas o som do V8 é bastante diferente.

Os diversos modos de condução permitem afinar o S63 AMG à forma que mais nos apetece conduzir, desde a mais tranquila e relaxada até à mais concentrada e exigente. Há momentos em que as mais de duas toneladas deste modelo até nos parece ter um pouco de agilidade, mas são poucos. O V8 e os seus 612 cavalos de potência, preferem usar o sistema de tração integral permanente para resolver tudo à bruta, ficando apenas as limitações físicas como o principal ponto negativo deste modelo.

Há momentos em que tudo já se passa muito rápido e não deve ser nada agradável encontrar um monstro destes a uma velocidade muito mais rápida do que o cérebro consegue processar, de frente para nós numa estrada secundária. Chega a ser muito perigoso, não para nós que viajamos dentro de um bunker de luxo, mas para as outras pessoas que se assustam com a velocidade a que este se aproxima ou aparece nas curvas. É por tudo isto que o ideal será mesmo procurar um circuito, caso deseje explorar as capacidades dinâmicas deste modelo.

Através do monitor central temos acesso a serviços de telemetria, com tempos por volta e medições do tempo nos arranques, mas por outro lado, acreditamos que o cliente alvo deste modelo não esteja muito preocupado com isso e queira apenas apreciar o V8 a rolar. Nestes momentos, a suspensão pneumática consegue oferecer um nível de conforto muito elevado ao habitáculo e os serviços de telemetria são substituídos pelos ambientes a bordo, com programas específicos de frescura, vitalidade, prazer ou bem-estar, cada um deles acompanhado de uma trilha sonora ou mesmo de um aroma específico.

Podemos passar diversas horas a falar deste modelo e a descrever todas as suas características, mas assim que tocamos no assunto do preço e referimos que é necessário um investimento de 285 mil euros para comprar algo como a unidade que vemos nas imagens, é frequente obter apenas um momento de silêncio. Este patamar de valores já fica acima da risada ou do encolher de ombros, provocando apenas um pouco de incredibilidade por parte de quem nos está a ouvir ou a ler.

O S63 AMG Cabrio está destinado ao mundo dos desportivos mais luxuosos do mercado, onde marcam presença marcas que nem produzem outro tipo de modelos, apenas os mais elitistas. Mesmo não considerando os extras presentes na unidade ensaiada, o valor base desta versão já fica acima dos 260 mil euros, não estando mesmo ao alcance do mais comum dos mortais. O lado negro surge no momento da entrega desta unidade nas instalações da Mercedes-Benz depois de uns dias de pura paixão automóvel. Faz com que a nossa voz interior esteja aos gritos connosco, tentando tudo para nos convencer a não entregar o S63 AMG e ficar com ele durante mais uns anos. Mas, por muito que nos custe, vivemos num mundo real e temos consciência de que um modelo destes não está mesmo ao alcance de qualquer pessoa.

VEREDICTO

Um valor de 285 mil euros consegue influenciar a opinião que a maioria das pessoas tem sobre qualquer modelo, mas se deixarmos esta parte para o fim, ainda nos conseguimos abstrair deste tema durante algum tempo. E é justamente por isso que lhe conseguimos dizer que este S63 AMG Cabrio é uma autêntica mistura de conceitos, mas apenas os melhores de que nos conseguimos lembrar. É um descapotável de eleição, com um patamar de conforto sublime e um motor que poderemos equiparar a uma obra de arte. Mas depois há aquele pormenor… do preço.

FICHA TÉCNICA
Mercedes-AMG S63 4Matic+ Cabriolet

MOTOR: 8 cilindros em V; Cilindrada (cm3): 3.982; Potência máxima (cv/rpm): 612/5.500-6.000; Binário máximo (Nm/rpm): 900/2.750-4.500; TRANSMISSÃO: Tração integral permanente; Caixa automática AMG Speedshift MCT 9G de 9 relações; Suspensão (fr./tr.): Independente, multibraços; Independente, multibraços; DIMENSÕES: Comprimento/Largura/Altura (mm): 5.051/1.913/1.428; Distância entre eixos (mm): 2.945; Largura de vias (fr./tr.) (mm): 1.660/1.645; Travões (fr./tr.) Discos ventilados/Discos ventilados; Peso (kg): 2.185; Capacidade da bagageira (l): 350; Depósito de combustível (l): 80; Pneus (fr./tr.): 255/40 ZR20 / 285/35 ZR20; PRESTAÇÕES: Aceleração de 0-100 km/h (s) 3,5; velocidade máxima (km/h) 250; CONSUMOS: Urbano/Extraurbano/Combinado (l/100 km): 15,6/9,1/11,5; Emissões de CO2 (g/km) 263;

PREÇO (versão base): 263.000 euros
PREÇO (unidade ensaiada): 284.327 euros

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Marketeer
Domino’s Pizza vai deixar quatro mercados europeus