Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

#Ensaio – Mercedes-Benz A200d Edition 1 – Uma edição muito especial

Se o Classe A já lhe parece igual a tantos outros, a marca tem uma proposta para lhe fazer, que inclui um conjunto de equipamentos específicos que o deixam um pouco mais especial.

Com o crescente número de vendas que o novo Classe A tem registado, é comum vermos diversas opções diariamente, mas há uma forma de ter uma versão um pouco mais especial sem ter de recorrer às mais caras da gama. Tudo passa pelo pacote de equipamento Edition 1, que inclui um conjunto de elementos mais específico e que deixam o Classe A um pouco mais especial. Entre eles estão os frisos em amarelo nos para-choques e nas jantes de liga leve, mas para que não existam dúvidas sobre que versão se trata, também está incluído o logo “Edition” na carroçaria, junto das rodas dianteiras.

Mas não é só. No habitáculo, o tablier também conta com uma decoração específica e com uma faixa amarela que identifica esta versão Edition. Nos assentos, as costuras contam com o mesmo tom amarelo, o que também acontece com os tapetes específicos desta versão. Os assentos de visual mais desportivo e o volante forrado em pele perfurada, em conjunto com os pedais em alumínio pertencem à linha de equipamento AMG, de visual mais desportivo.

De resto, não há grandes diferenças a registar face aos outros Classe A que já conhecemos. A sigla A200d diz-nos que está presente o motor turbodiesel de dois litros com 150 cavalos de potência e 320Nm de binário máximo, capaz de oferecer um misto de boas prestações, com médias de consumo muito agradáveis de ler no computador de bordo, ainda que tudo isto dependa do comportamento do pé direito.

O visual mais desportivo do conjunto deve-se ao facto de também estar presente o pacote estético da AMG para este modelo, que inclui os para-choques mais desportivos, as jantes de liga leve com 18 polegadas de diâmetro – ainda que na unidade ensaiada tivessem presentes outras, na medida acima – e a suspensão um pouco mais firme, que deixa a carroçaria uns milímetros mais baixa e melhora o desempenho dinâmico de todo o conjunto, quando queremos explorar os 150 cavalos de potência desta opção diesel numa estrada um pouco mais sinuosa.

Em termos de preço, os valores da versão A200d começam nos 38.900 euros, sendo que este pacote de equipamento mais exclusivo acrescenta cerca de 2650 euros a este valor. E depois, há ainda a considerar os extras presentes na unidade ensaiada, que fazem com que o preço deste Classe A se aproxime perigosamente da fasquia dos 50 mil euros.

VEREDICTO

Num mundo em que os carros estão cada vez mais parecidos uns com os outros, as hipóteses de personalização e as edições especiais são as alternativas mais ao nosso alcance para ter um modelo um pouco diferente. No caso deste Edition 1, o mais pequeno dos Mercedes-Benz fica com um visual próximo da versão AMG e com detalhes que o tornam ainda mais especial.

Texto e imagens: André Mendes

FICHA TÉCNICA

Mercedes-Benz A200d Edition 1

MOTOR: 4 cilindros em linha; injeção direta com turbo; Cilindrada (cm3): 1.950; Potência máxima (cv/rpm): 150/3.400-4.400; Binário máximo (Nm/rpm): 320/1.400-3.200; TRANSMISSÃO: Tração dianteira; Caixa automática 8G-DCT de 8 relações; Suspensão (fr./tr.): Independente, tipo McPherson; Independente, multibraços; DIMENSÕES: Comprimento/Largura/Altura (mm): 4.419/1.796/1.440; Distância entre eixos (mm): 2.729; Largura de vias (fr./tr.) (mm): 1.567/1.547; Travões (fr./tr.) Discos ventilados/Discos sólidos; Peso (kg): 1.490; Capacidade da bagageira (l): 360; Depósito de combustível (l): 43; Pneus (fr./tr.): 225/40 ZR19; PRESTAÇÕES: Aceleração de 0-100 km/h (s) 8,1; velocidade máxima (km/h) 220; CONSUMOS: Urbano/Extra-urbano/Combinado (l/100 km): 4,9/3,6/4,0; Emissões de CO2 (g/km) 107;

PREÇO (versão base): 38.900 euros
PREÇO (unidade ensaiada): 47.700 euros

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Marketeer
Domino’s Pizza vai deixar quatro mercados europeus