Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Táxis voadores: Volocopter e Lilium prometem revolucionar mobilidade

O segundo dia da Web Summit trouxe novidades para o futuro da mobilidade: Volocopter e Lilium perfilam-se como as primeiras empresas a oferecerem táxis voadores.

A alemã Volocopter, que conta com apoios de peso como da Daimler e Intel, prometeu esta quarta-feira no Web Summit que os seus táxis aéreos estarão a operar de forma comercial dentro de dois ou três anos. Já a Lilium Aviation diz que custo de 100 quilómetros num dos seus carros voadores será de 6,20 euros (contra 9€ de carro elétrico e 108 euros de helicóptero).

Alexander Zosel, fundador da Volocopter, revelou que a empresa já desenvolveu tecnologia necessária (mais de 100 voos de testes feitos com sucesso com piloto humano e em modo de comando remoto com rotas predefinidas) para criar táxis autónomos comerciais e de preço relativamente acessíveis (dentro de uma cidade pode custar 60€).

O executivo acredita ainda que  o Volocopter Velocity estará a fazer serviço comercial de passageiros dentro de dois ou três anos – as primeiras cidades deverão ser Singapura e Dubai e uma terceira cidade, ainda não definida, provavelmente na Europa ou Estados Unidos.

O aparelho desenvolvido pela start-up alemã utiliza 18 rotores elétricos e tem capacidade para transportar duas pessoas, possuindo uma autonomia de 29 quilómetros e uma velocidade de 70 km/h. Mas para que os “carros voadores” sejam uma realidade, falta criar, ainda segundo Zosel, regulamentação e infraestrutura necessárias.

Já o Lilium Jet é uma espécie de helicóptero sem pás, com capacidade para cinco pessoas e com tecnologia que permite voos na vertical. De acordo com a empresa, o objetivo é que estas viaturas possam andar pelos ares já em 2025.

“Criámos a Lilium para que qualquer pessoa pudesse voar para qualquer lugar a qualquer hora”, explicou Daniel Wiegand, CEO da Lilium Aviation. “Temos de redesenhar a Terra para 10 mil milhões de pessoas viverem de forma sustentável em 2050 (e penso que) com este tipo de viaturas, será possível combinar o estilo de vida urbano e rural”.

A empresa Lilium Aviation, criada em 2015 e com sede em Munique, emprega atualmente 400 pessoas.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Marketeer
Nesta cozinha há Lisboa e novos petiscos para partilhar