Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Rolls-Royce Cullinan em modo Black Badge

A famosa linha Black Badge da Rolls-Royce está agora completa: depois do Ghost, Wraith e Dawn, é a vez do Cullinan.

O Rolls-Royce Cullinan pode ser personalizado com 44 mil cores, mas será o Black Badge o mais apelativo, sendo constituído por várias camadas de tinta polidas à mão 10 vezes. Destaque também para a faixa amarela em alto relevo pintada à mão e o símbolo da marca no capô, Spirit of Ecstasy, em preto brilhante.

Os logótipos RR ganham um tom prateado para se destacar da carroçaria preta e as maxilas dos travões surgem pintadas a vermelho, pela primeira vez, em jantes de 22 polegadas exclusivas.

No interior, a Rolls-Royce inspirou-se na arquitetura urbana para criar diversas peças em fibra de carbono e com aplicações em pele amarela que fazem referência ao calor intenso gerado pela fundição de metais preciosos. O material, chamado Tech Carbon, é finalizado com seis camadas de verniz e repousa durante 72 horas. Em seguida, a peça é polida à mão.

O modelo conta com o mesmo motor V12 de 6.75 litros que equipa a versão original, mas afinado para debitar 592 CV de potência e 664 Nm de binário. A suspensão é mais dinâmica e o escape foi alterado para produzir notas mais graves.

O Rolls-Royce Cullinan Black Badge já se encontra à venda, mas a marca não revelou o preço oficial, estimando-se a mais de 350 mil euros.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Marketeer
Chefs portugueses aceitam desafio internacional