Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Novo Skoda Octavia aposta em versões híbridas

A Skoda apresentou o novo Octavia que chegará ao mercado na próxima primavera no formato liftback e carrinha Combi.

Sessenta anos após o início da produção do Octavia, iniciada em 1959, a Skoda revela agora o modelo desde o seu relançamento em 1996: a quarta geração do Octavia irá dar continuidade à senda de sucesso do modelo mais vendido da marca. Com mais de 6,5 milhões de unidades produzidas, é o best-seller da Skoda não só na República Checa como também em inúmeros outros mercados.

O novo Octavia cresceu ainda mais e, graças às novas proporções e ao mais recente desenvolvimento na linguagem de design da Skoda: um comprimento de 4689 mm, a Limousine é 19 mm mais comprida que o modelo da terceira geração, enquanto a Break é maior em 22 mm. A sua largura aumentou em 15 mm. A volumetria da Break, que é a maior do segmento, aumentou 30 litros, sendo agora de 640 litros. Por sua vez, a Limousine tem uma volumetria de 600 litros, mais 10 litros em relação ao seu antecessor.

No renovado interior, o Octavia oferece um novo volante de dois raios, que pode ser aquecido como opção e – se solicitado como uma variante multifunções – é proposto com novos botões de controlo, permitindo que os condutores operem um total de 14 funções diferentes sem retirar as mãos.

O painel de instrumentos, que também foi redesenhado, é modular e foi organizado em diferentes níveis, com uma grande ecrã central independente. A consola central é elegante e com inserções cromadas, sendo também novidade as guarnições e os puxadores das portas. Os novos e agradáveis materiais transmitem ao interior um visual de topo, enquanto a também nova iluminação ambiente em LED fornece um aspeto especial às portas dianteiras e ao painel de instrumentos, iluminando-os numa escolha de dez cores diferentes.

O Octavia oferece uma escolha de quatro sistemas de infoentretenimento da última geração, com ecrãs entre 8,25 e 10 polegadas. Alguns deles podem ser operados usando controlo gestual ou por voz através da “Laura”, o Assistente Digital da Skoda . A versão topo de gama Columbus do sistema de infoentretenimento pode – pela primeira vez – exibir mapas do sistema de navegação num nível diferente de zoom do Cockpit Virtual de 10,25 polegadas (que também foi melhorado).

Pela primeira vez num Skoda , o novo Octavia pode ser equipado, em opção, com os bancos Ergo, que oferecem, por exemplo, uma função de massagem elétrica. Na versão de topo, também podem ser ventilados. O opcional head-up display é outra novidade num modelo da Skoda .

O novo Octavia é o primeiro Skoda a usar tecnologia shift-by-wire para operar a transmissão DSG, o que permite trocar o habitual comando da caixa por um bem mais pequeno. No lugar da familiar alavanca DSG, há, portanto, um novo módulo de controlo localizado na consola central com um pequeno comando para selecionar os modos de acionamento, bem como um botão para o modo de estacionamento.

Os inovadores faróis completos Matrix LED estão disponíveis em opção, permitindo que o condutor deixe os “máximos” ligados sem encandear os outros utilizadores da estrada.

Motorizações

O Octavia nunca foi, em gerações anteriores, tão eficiente e amigo do ambiente como nesta nova e quarta geração, disponível com novas alternativas de propulsão e motores eficientes.

Pela primeira vez, inclui um híbrido plug-in, o Octavia iV. Alguns dos motores a gasolina, que foram otimizados, estão agora equipados com a inovadora tecnologia mild hybrid, enquanto os motores Diesel pertencem à última geração EVO e emitem até 80% menos de óxido de nitrogénio.

A ampla gama de motorizações oferece potências compreendidas entre 110 CV (81 kW) e 204 CV (150 kW), sendo complementada pelo Octavia G-TEC (autonomia até 523 km e um total de 17,7 kg de gás natural). No Octavia iV, um motor a gasolina TSI de 1.4 litros e um motor elétrico oferecem uma potência combinada de 204 CV (150 kW). Com uma capacidade de 13 kWh de energia, a bateria de iões de lítio de alta tensão permite uma autonomia 100% elétrica até 55 km no ciclo WLTP.

As variantes eTEC, equipadas com os mais recentes motores a gasolina 1.0 TSI ou 1.5 TSI da geração EVO, apresentam tecnologia mild hybrid de 48 V quando equipadas com transmissão DSG.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Quantas faltas justificadas pode dar no trabalho?
Marketeer
Guerra do streaming: consumidores dão oportunidade aos novos players