Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Crédit Suisse avisa: Tesla pode perder liderança e afundar 40%

O Credit Suisse indicou esta quinta-feira que a Tesla tem uma quota de mercado de 80% nos EUA, mas que pode perder a liderança para a Ford já no próximo ano. E afundar 40% em Bolsa.

“Apesar de toda a concorrência no setor automóvel, ainda estamos à espera do próximo modelo elétrico que consiga constituir uma verdadeira ameaça competitiva ao Modelo 3 – especialmente nos EUA”, escreveu Dan Levy, analista do Credit Suisse, em nota aos investidores, citado pela CNBC. “A Tesla tem neste momento uma clara vantagem competitiva graças à sua liderança”.

O Credit Suisse tem sido uma das instituições mais céticas em relação ao desempenho da Tesla: em junho, a empresa suíça atribuía às ações da fabricante norte-americana um preço-alvo de 200 dólares – uma desvalorização de 40% se se tomar o valor das ações desta quarta-feira que ficaram em 346,11 dólares.

Os analistas do Credit Suisse não estão otimistas quanto ao futuro da empresa de Elon Musk que se arrisca, segundo eles, “a não capitalizar esta oportunidade”.

Dan Levy acredita que a Tesla irá enfrentar uma prova de fogo já este fim de semana com a estreia do Ford Mach-E, um SUV elétrico inspirado no Mustang: “O novo elétrico da Ford deverá oferecer uma alternativa mais atrativa dentro do intervalo de preços do Model 3 do que os restantes concorrentes, especialmente tendo em conta o foco no desempenho”.

Estima-se que o novo Ford Mach-E custe entre 40.000 e 50.000 dólares e conte com uma autonomia de 300 milhas (cerca de 483 quilómetros).

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Quantas faltas justificadas pode dar no trabalho?
Marketeer
Guerra do streaming: consumidores dão oportunidade aos novos players