Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

CLA Shooting Brake mantém aposta na elegância

As linhas mais elegantes de uma Shooting Brake voltam a estar disponíveis no tamanho mais compacto da plataforma que equipa modelos como o Mercedes-Benz Classe A.

O conceito de Shooting Brake teve origem em Inglaterra e traduzia-se numa carrinha de apenas duas portas laterais, com uma silhueta que se prolongava de uma forma mais elegante pelo comprimento de toda a carroçaria. Atualmente, as duas portas passaram a quatro, como nas carrinhas de tamanho mais convencional, mas a elegância continua a ser a nota dominante.

Com a nova geração do Mercedes-Benz CLA, a marca continua a apostar neste formato e a nova Shooting Brake já se encontra disponível no mercado nacional. Para a conhecermos melhor, a Mercedes-Benz levou-nos até à zona do Fundão, de forma a que tivéssemos um pouco mais de tempo para admirar as linhas desta nova aposta, mas também o seu desempenho e conforto em estrada e autoestrada.

No que diz respeito ao estilo, as semelhanças com o novo CLA são mais do que evidentes, como não poderia deixar de ser. O novo modelo já conta com a nova assinatura visual, que se distancia ligeiramente do Classe A e tal como a berlina de quatro portas, mantem a maior largura da carroçaria e o capot mais baixo, que também contribuem para esta elegância. Lá atrás, as óticas são praticamente iguais e a matrícula também desceu da porta para o para-choques, mas a linha do tejadilho prolonga-se até um pouco mais atrás para lhe oferecer um pouco mais de espaço a bordo e uma bagageira mais ampla, que fica agora muito próxima dos 500 litros de capacidade e inclui a abertura e fecho elétricos no seu equipamento de série.

A bordo, o desenho dos assentos, do tablier e dos mais variados comandos e instrumentação, são tão parecidos com outros modelos que não é por aqui que vamos conseguir distinguir este modelo das restantes opções da marca nesta categoria. Mas se olharmos pelo espelho retrovisor e começarmos a identificar as formas da carroçaria, fica facilmente identificada esta versão Shooting Brake.

Nos quilómetros de autoestrada que tivemos oportunidade de percorrer ao volante da versão 200d de 150 cavalos, ficou comprovado o nível de conforto elevado, mas também as médias de consumo mais comedidas desta opção, aqui aliada à caixa de velocidades automática de sete velocidades.

O espaço no habitáculo é um pouco mais amplo quando comparado com o seu antecessor, principalmente para quem viaja nos lugares traseiros deste modelo. Além disso, o nível de equipamento é também mais completo e a forma como os opcionais são disponibilizados também foi simplificada. Se o cliente desejar, em vez que estar a escolher os equipamentos que deseja um a um, a Mercedes dá uma ajuda e oferece três pacotes de extras que incluem muitas das opções mais desejadas, como se fossem três patamares. Cada um deles, obviamente, com um acréscimo de preço.

De todo o equipamento disponível para este modelo, no entanto, o que mais destacamos é o MBUX, o novo assistente pessoal que já conhecemos de outros modelos da marca, mas que nos ajuda a interagir com a maioria das funções existentes no sistema de entretenimento, bem como a fomentar um ambiente mais divertido a bordo, a medida que vamos testando as respostas do sistema às mais variadas questões que lhe colocamos, depois de o ativar dizendo apenas “Mercedes”…

A nova Mercedes-Benz CLA Shooting Brake já se encontra disponível no mercado nacional, fortalecendo esta gama com um ambiente mais familiar, mas não menos elegante. Os preços começam nos 39.300 euros da versão diesel 180d e podem alcançar os 79.900 euros da mais potente AMG 45S de 400 cavalos, passando por versões de caixa automática ou manual e com apenas duas ou quatro rodas motrizes.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...