Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Adeus Londres: Uber perde licença e abandona capital britânica

A Uber vai deixar o negócio em Londres. A reguladora de transportes da capital britânica, Transports for London (TfL), não vai renovar a licença da Uber para operar na capital britânica.

O presidente da Câmara de Londres, Sadiq Khan, reagiu através da rede social Twitter: “Apoio a decisão (…) manter os londrinos seguros é a prioridade número um”.

Em setembro de 2017, a autoridade que regula os transportes em Londres recusou renovar a licença da Uber por considerar que “a abordagem e conduta da empresa demonstram falta de responsabilidade corporativa” no que diz respeito à segurança dos cidadãos e dos condutores.

A Uber interpôs um recurso na Justiça britânica para recuperar a sua licença de funcionamento, concordando ser alvo de uma estreita supervisão do governo. Em junho de 2018, a aplicação eletrónica de transporte recuperava a sua licença para operar em Londres.

E desde aí foram feitas mudanças: os motoristas passaram a ter pausas obrigatórias a cada 10 horas de trabalho e seguro para precaver situações de doença ou lesão. Foram também criados grupos de apoio ao condutor e lançada uma linha 24 horas destinada a utilizadores e condutores.

A empresa está em mais de 600 cidades de todo o mundo, incluindo mais de 40 cidades no Reino Unido. A Uber começou a operar em Londres há cinco anos e conta atualmente com cerca de 45 mil motoristas, a trabalhar desde o passado mês de setembro num cenário de incerteza.

Foi nesta altura que expirou a licença provisória emitida pela TfL, que aceitou dar mais dois meses à empresa. A extensão do prazo terminou esta segunda-feira, dia 25 de novembro.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Estas profissões vão desaparecer já a partir deste ano. Saiba se a sua é uma delas
Marketeer
Adidas espera crescer à boleia de Beyoncé