Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Madrid revoluciona tarifas de táxi: 10% mais barato em dias de maior poluição

O Município de Madrid propôs uma série de alterações às tarifas de táxi na capital espanhola para 2020 como preços predefinidos antes dos clientes iniciarem viagem e desconto de 10% em dias de maior índice de poluição.

A propostas foram entregues à Comissão reguladora de Madrid – Comisión de Precios de la Comunidad de Madrid – que estudará a sua viabilidade e deverá, segundo indicam vários meios de comunicação espanhóis, aprovar as medidas na reunião municipal prevista para esta sexta-feira.

A intenção do Município de Madrid, dirigida por José Luis Martínez-Almeida, é “oferecer mais garantias ao utilizador de táxi” e “proporcionar maior competitividade ao setor diante dos novos modelos de transporte alternativos”, indicam fontes municipais ao El Mundo.

Para isso, o município comprometeu-se principalmente com duas medidas: estabelecer uma tarifa predefinida para o cliente assim que este contratar o serviço e a criação de uma tarifa ecológica em cenários onde o tráfego é restrito a veículos devido ao maior índice de poluição.

O preço predefinido seria aplicado apenas em viagens pré-contratadas – ao estilo de serviços de transporte como a Cabify ou Über – mas com uma ligeira diferença: o utilizador ficaria logo a saber quanto pagaria pela viagem nas tarifas 1 e 2 (rotas comuns em qualquer dia da semana, fim de semana ou feriado, independentemente da hora) e esse seria sempre o preço máximo.

Embora o preço seja predefinido no início da viagem, o motorista do táxi deve mesmo assim iniciar o taxímetro no momento de começar a viagem. Mas uma vez no ponto de chegada, o cliente pagará apenas o menor valor: aquele marcado pelo taxímetro ou o atribuído durante a contratação do serviço.

Esse modelo poderá começar logo a funcionar no dia 1 de janeiro de 2020, confirmaram fontes municipais ao El Mundo.

A segunda medida, a tarifa ecológica, apenas se aplicaria nos dias em que as medidas restritivas de tráfego para veículos forem ativadas nos dias de maior poluição – desconto de 10% na aplicação da tarifa 1, ou seja, de segunda a sexta-feira, das 7 às 21 horas.

Além disso, até 2020, o Município madrileno propôs ao setor de táxi unificar o preço máximo de cobrança quando um serviço é solicitado por telefone ou telemática na área de provisão conjunta (APC), que enquadra o município de Madrid e outros 45 de toda a Comunidade.

Atualmente, esse valor máximo é de cinco euros na capital e oito se a coleta for feita noutra prefeitura da região. A proposta quer que sejam sempre cinco euros em toda a APC.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...