Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Ao volante do novo Peugeot 2008 em Marselha

Aceitámos o convite da Peugeot e fomos até ao sul de França conhecer o seu novo SUV de tamanho compacto. Já está disponível para encomenda em Portugal, com os preços a começar nos 21.500 euros.

Com a chegada do 2008 a família de SUV da Peugeot fica finalmente completa, uma vez que a nova versão deste modelo já fica ao mesmo nível dos restantes modelos. E se calhar, até um pouco mais acima. A renovação da família de SUV da Peugeot começou com a chegada da nova geração do 3008, com um desenho bastante moderno por fora e por dentro, ao jeito de cartão de visita dos novos modelos da marca francesa. Um pouco mais tarde, surgiu o 5008, muito semelhante ao primeiro, melhorando apenas alguns detalhes estéticos, mas com uma lotação de sete lugares e mais espaço a bordo.

Estes dois modelos ganharam um destaque incrível, até acima das expectativas iniciais, mas continuava a falar uma opção com o mesmo visual e bem mais moderna que o 2008 dessa altura. Até agora. A nova geração deste modelo segue algumas das ideias estreadas com o 208, que também acabou de chegar ao mercado e inclui um visual igualmente arrojado, com as garras do leão à vista, bem como um patamar de tecnologia acima de quase todos os modelos da marca.

E isso nota-se de imediato desde o primeiro momento em que olhamos para o novo 2008, bem mais evoluído e agressivo. As linhas da carroçaria parecem estar no patamar a seguir ao 3008 e 5008 em termos de arrojo e mal se percebem os seus 4,3 metros de comprimento e mais de 1,8 de largura, o que já nos mostra o quanto este modelo evoluiu face ao seu antecessor. Além disso, ainda podemos perder uns minutos a admirar o desenho do sistema de iluminação totalmente em LED nas óticas dianteiras e traseiras, antes de entrar a bordo e descobrir um habitáculo muito mais amplo e moderno.

Nos lugares dianteiros, o ponto que mais se destaca é o novo painel de instrumentos digital i-cockpit 3D, tridimensional e com diversas camadas de visualização, que quase nos dá vontade de pegar na seta no sistema de navegação ou nos algarismos do velocímetro. A posição de condução também evoluiu consideravelmente e já não nos vemos forçados a “embirrar” com o volante de dimensões mais reduzidas e que nos obriga a olhar para a instrumentação por cima dele, graças a um resultado bem mais confortável e ergonómico ao qual nos habituamos facilmente.

Ainda a bordo, fomos cativados pela estética do tablier e de todo o ambiente a bordo, mas também pelo desenho de diversos comandos e pormenores. Mas acima de tudo, o ponto em que notámos que o 2008 evoluiu muito foi no que diz respeito ao espaço disponível nos lugares traseiros, com muito mais espaço para as pernas com uma altura perfeitamente adequada aos modelos desta categoria. Disponível para todos os que se encontrem a bordo está o sistema de som desenvolvido pela Focal especificamente para este modelo.

Em termos de motorizações o novo 2008 contará com opções para quase todos os gostos, uma vez que estão disponíveis opções a gasolina e diesel, mas também uma elétrica, equipada com um motor de 136 cavalos e 260Nm de binário. No evento realizado no sul de França tivemos oportunidade de conduzir todas estas opções, mas a que mais recordamos e gostámos foi mesmo a elétrica. A forma como a potência é disponibilizada permite-nos optar por um ritmo bastante tranquilo, mas também por um bem mais dinâmico, contando para isso com a presença dos três modos de condução Eco, Normal e Sport.

A autonomia supera facilmente os 300 quilómetros, graças à presença de uma bateria de 50 kWh e conta com diversas soluções que nos permitem ajudar o sistema a conquistar da melhor forma qualquer momento de regeneração, seja numa desaceleração ou numa descida mais pronunciada, em que até podemos ativar o modo “B” na caixa de velocidades e aumentar a capacidade de regeneração de energia do sistema elétrico.

A versão elétrica do 2008 é acompanha de um visual um pouco mais elaborado que até fez com que o leão que serve de logo para a Peugeot passasse a contar com um novo visual, com aplicações em azul ou verde, consoante o ângulo de que olhemos para ele. Na zona superior dos para-lamas dianteiros, marca presença um “e” em azul e a grelha frontal tem também um desenho específico. Além de tudo isto, a versão elétrica do 2008 contará com acesso a diversos serviços específicos, focados em contribuir para as melhores soluções de carregamento, mas também de assistência ao condutor e ao veículo, tudo pensado de forma a que a experiência de ter um automóvel elétrico seja a mais positiva possível.

Se um automóvel elétrico ainda não estiver mesmo nos seus planos, a gama 2008 vai continuar a ter versões com motores a gasolina e diesel, baseados no bloco PureTech de 1,2 litros (com 100, 130 ou 155 cavalos) e no bloco BlueHDi de 1,5 litros de capacidade, com potências de 100 ou 130 cavalos. Para as versões de potência mais elevada, estará disponível a caixa de velocidades automática de oito velocidades EAT8.

A data de chegada oficial ao mercado nacional é em janeiro, no início do próximo ano, mas apenas com as versões equipadas com um motor de combustão interna. As primeiras unidades do 2008 só chegarão em abril, mas tal como todas as outras já podem ser encomendadas atualmente em qualquer concessionário da marca.

A gama nacional vai contar com quatro níveis de equipamento (Active, Allure, GT Line e GT), sendo que no caso das versões térmicas os preços começam nos 21.500 euros e nas versões elétricas o preço base é de 36.600 euros. No início da comercialização será oferecida a extensão da garantia até aos 48 meses e 60 mil quilómetros e vão estar disponíveis opções de crédito mais apelativas para clientes particulares, que começam nos 180 euros por mês para a versão PureTech de 100 cavalos (com uma entrada em torno dos 3.700 euros).

Descubra aqui mesmo a gama de preços completa do novo Peugeot 2008:

Gasolina
2008 1.2 PureTech 100 CVM6 Active – 21.500 €
2008 1.2 PureTech 100 CVM6 Allure – 23.500 €
2008 1.2 PureTech 130 CVM6 Active – 22.970 €
2008 1.2 PureTech 130 CVM6 Allure – 24.650 €
2008 1.2 PureTech 130 CVM6 GT Line – 26.650 €
2008 1.2 PureTech 130 EAT8 Active – 24.970 €
2008 1.2 PureTech 130 EAT8 Allure – 26.650 €
2008 1.2 PureTech 130 EAT8 GT Line – 28.650 €
2008 1.2 PureTech 155 EAT8 GT – 32.250 €

Diesel
2008 1.5 BlueHDi 100 CVM6 Active – 25.200 €
2008 1.5 BlueHDi 100 CVM6 Allure – 27.200 €
2008 1.5 BlueHDi 100 CVM6 GT Line – 29.200 €
2008 1.5 BlueHDi 130 EAT8 Allure – 30.350 €
2008 1.5 BlueHDi 130 EAT8 GT Line – 32.350 €

Elétrico
e-2008 100 kW (136 cv) Active – 36.600 €
e-2008 100 kW (136 cv) Allure – 38.350 €
e-2008 100 kW (136 cv) GT Line – 40.550 €
e-2008 100 kW (136 cv) GT – 43.450 €

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Estas profissões vão desaparecer já a partir deste ano. Saiba se a sua é uma delas
Marketeer
CTT querem ser líderes ibéricos em Expresso & Encomendas