Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Há cada vez mais carros usados à venda com os quilómetros adulterados

Em Portugal existem automóveis para venda, cujos quilómetros se encontram alterados de forma a incentivar os clientes à compra.

Se tenciona comprar um automóvel em segunda mão, deve prestar muita atenção a todos os detalhes e ter cuidado para não ser enganado.

Isto porque em Portugal são cada vez mais os casos de clientes que adquirem carros usados com os quilómetros adulterados, percebendo num curto período de tempo depois, que caíram na «armadilha», uma vez que o veículo começa a dar sinais de que alguma coisa está errada, avança a TVI24.

No momento da compra os vendedores afirmam que o carro tem determinado número de quilómetros, contudo mais tarde os compradores apercebem-se de que esse número é sempre muito mais elevado do que pensavam, ou porque descobrem etiquetas de revisão com um valor de quilómetros superior, ou porque se dirigem à marca e são informados de quantos quilómetros o carro tem na realidade, nunca correspondendo ao que foi dito aquando da aquisição.

Para além dos quilómetros são várias as reclamações apresentadas por parte dos compradores, que dizem não serem respeitadas as garantias dos automóveis no momento da compra, contudo o Centro de Arbitragem do Setor Automóvel declara que a garantia legal tem cobertura total e duração de dois anos, não prevendo a exclusão de qualquer tipo de peças.

Já existiram reclamações de clientes que afirmam ter comprado um modelo que não correspondia ao anunciado pelo comprador, ou veículos com potência diferente da dita inicialmente.

Desta forma é extremamente importante perceber quais os fatores que devem ser tidos em consideração, antes de comprar qualquer automóvel. O Centro de Arbitragem do Setor Automóvel deu a conhecer à TVI24, alguns desses pontos.

É essencial procurar toda a documentação legal associada ao veículo (livrete, registo de propriedade), para que possam ser verificadas as características do mesmo com o próprio documento de homologação.

Se for possível deve também tentar ter acesso ao documento de circulação do carro, onde constam todas as informações originais do mesmo, bem como o historial associado.

Caso entregue o seu veículo de retoma, aquando da compra de outro, é importante assegurar que existe a transmissão da propriedade do seu veículo, para que não lhe sejam pedidas responsabilidades de um carro que já não lhe pertence.

«A compra e venda de veículos usados é a principal causa de reclamação no Centro de Arbitragem, atingindo 45% do total», explicou Sara Mendes do Centro de Arbitragem Automóvel citada pela TVI24.

Posto isto, já sabe, antes de comprar qualquer veículo tenha muita atenção a todos os pormenores, para evitar que faça parte das estatísticas de compradores induzidos em erro.

Ler Mais

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...