Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Jaguar Land Rover recebe certificação de neutralidade carbónica

A Jaguar Land Rover realizou uma digressão com zero emissões pelas suas instalações de desenvolvimento de produtos e fabrico, no Reino Unido, para celebrar a obtenção, pelo segundo ano consecutivo, da certificação de neutralidade carbónica das suas operações.

Receber, mais uma vez, a certificação da organização Carbon Trust é a consequência direta da transição da Jaguar Land Rover para o conceito Destination Zero. Este reconhecimento é feito dois anos depois da marca ter alcançado, antecipadamente, o compromisso previsto para 2020 – levar a cabo operações de fabrico neutras em emissões de carbono, no Reino Unido.

O Jaguar I-PACE, totalmente elétrico, arrancou esta digressão em Gaydon e terminou em Halewood. Durante o percurso, visitou a sede da empresa, em Whitley, o refúgio dos Land Rover, em Solihull, as instalações de Castle Bromwich, em Birmingham – recentemente, adaptadas para lidar com os modelos eletrificados -, e o Engine Manufacturing Centre (EMC) de Wolverhampton.

A viagem do Jaguar I-PACE começou a sua viagem depois de ter sido carregado com um dos 166 carregadores inteligentes, alimentados por energia solar, existentes no novo e avançado centro de criação de produtos. Graças à sua autonomia de 470 km, o Jaguar I-PACE completou, sem quaisquer problemas, a sua viagem de 228 Km, sem necessitar de outro carregamento.

Investimento em neutralidade

A certificação Carbon Trust é entregue à Jaguar Land Rover por esta levar a cabo operações empresariais em conformidade com a prestigiosa norma PAS 2060. Tal acontece depois da empresa alcançar a neutralidade das suas emissões de carbono, entre abril de 2018 e março de 2019, nos centros de operação de montagem para o fabrico de veículos e de desenvolvimento de produtos. O conjunto de todas estas instalações representa 77 % da produção global de veículos da Jaguar Land Rover.

Para atingir este objetivo, a Jaguar Land Rover investiu em projetos de poupança energética, como painéis solares e luzes LED. No Reino Unido, as emissões operativas de CO2 foram reduzidas em 74%, em comparação com 2007, graças também à aquisição de electricidade com o apoio do plano REGO, já que a energia utilizada para fabricar um veículo foi reduzida em 37% a partir desse mesmo ano.

Além disso, a Jaguar Land Rover investiu em projetos de todo o mundo ligados à redução voluntária das emissões de carbono, no âmbito do programa Gold Standard, como parte da sua certificação formal. Entre eles, incluem-se projetos de água limpa e segura (Quénia e Uganda) e programas de cozinha limpa (Índia e Gana) que contribuíram com inúmeros benefícios meio-ambientais e com grande impacto social.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Estas profissões vão desaparecer já a partir deste ano. Saiba se a sua é uma delas
Marketeer
CTT querem ser líderes ibéricos em Expresso & Encomendas