Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Lucro da Nissan caiu 88% para os 329 milhões de euros

O grupo Nissan indicou esta quinta-feira que o lucro caiu 87,6% entre abril e dezembro de 2019, para 329 milhões de euros, face a igual período do ano fiscal de 2018.

“Lamento dizer que os resultados são piores que o esperado”, afirmou Makoto Uchida, o responsável máximo da administração da Nissan Motor, na apresentação dos resultados na sede principal da multinacional, na cidade de Yokohama, a sul de Tóquio.

A Nissan Motor referiu ainda que, nos nove primeiros meses terminados em dezembro do ano passado, as vendas globais caíram 8,1%, para 3,7 milhões de veículos e que as receitas diminuíram 12,5%, para 62.850 milhões de euros, na comparação com idêntico período do ano fiscal de 2018.

No Japão, as vendas de veículos recuaram 6,9%, na China cederam 0,4%, na América do Norte reduziram-se em 10,2% e na Europa afundaram 16,2%. O resultado operacional, por sua vez, caiu 82,7% para 455 milhões de euros.

A multinacional revelou também que no terceiro trimestre do ano fiscal, a Nissan Motor teve prejuízos de 218 milhões de euros (contra um lucro obtido no mesmo trimestre do ano fiscal anterior). As vendas trimestrais, entre 01 de outubro de 2019 a 31 de dezembro de 2019, também caíram 18% face ao trimestre homólogo anterior.

Uchida indiciou assim que a fabricante reviu em baixa os cálculos iniciais em termos de perspetivas de vendas, estimando agora que durante o ano fiscal as mesmas diminuam em 8,4% ( contra uma queda de 3,6% prevista em novembro do ano passado).

Quanto ao mercado chinês, as vendas devem cair 1,1%, sem ter ainda em conta o impacto do Covid-19 (o novo coronavírus) que apareceu na cidade chinesa de Wuhan em janeiro passado, e que gerou sérios problemas na cadeia de produção da Nissan no país.

A Nissan Motor calcula ainda que irá encerrar o ano fiscal de 2019 com 5,05 milhões de veículos vendidos, menos 3,6% que o cálculo feito em novembro passado.

(com Lusa)

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Estas profissões vão desaparecer já a partir deste ano. Saiba se a sua é uma delas
Marketeer
CTT querem ser líderes ibéricos em Expresso & Encomendas