Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Coronavírus: Jaguar importa peças automóveis da China em malas

A empresa britânica admitiu transportar as peças de automóveis vindas da China com destino ao Reino Unido, em malas, para contrariar a queda de produção motivada pelo coronavírus.

A Jaguar Land Rover, fabricante automóvel britânica, tem feito o transporte de peças automóveis da China para o Reino Unido através de malas, na tentativa de manter a produção e o transporte da mesma, que se viram bastante afectados pelo impacto do coronavírus (COVID-19), de acordo com informações do CEO da empresa, avançadas pela Reuters.

O CEO, Ralf Speth, referiu contudo, que mesmo com esta alternativa encontrada, a Jaguar apenas vai conseguir manter a produção por um período de mais duas semanas. “Estamos seguros por mais duas semanas. A partir da terceira semana vão começar a faltar peças”, disse citado pela Reuters

A Jaguar Land Rover fez parte das empresas que deram o alerta para o impacto que esta epidemia, com origem na China, está a ter sobre o seu funcionamento, visto que muitos dos seus parceiros viram a sua produção parada ou a diminuir substancialmente.

Espera-se que a produção na fábrica da empresa britânica regresse ao normal a partir do próximo dia 24 de fevereiro.

As peças fabricadas na China são utilizadas em milhões de automóveis e a região de Hubei, onde teve inicio a epidemia, é um centro de produção e transporte de peças bastante importante.

Devido ao impacto do coronavírus, outra empresa do ramo, a Fiat Chrysler, anunciou o encerramento da sua fábrica na Sérvia, tendo sido esta a primeira empresa europeia a comunicar tal situação.

Ler Mais

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...