Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Standard & Poor’s ameaça Renault com nível “lixo”

A Standard & Poor’s (S&P) indicou esta quarta-feira que colocou o rating da Renault para revisão com perspetiva negativa, admitindo colocar a dívida da fabricante automóvel no nível de “lixo”, indica a Reuters.

A avaliação do rating da Renault está atualmente em BBB-, mas poderá tornar-se BB+, o primeiro nível de “lixo”, em maio, depois da S&P completar o processo de avaliação do rating.

Em causa estará a margem operacional da Renault – que encolheu de 3,3% em 2018 para apenas 1,7% em 2019 – e aos sinais de erosão da quota de mercado na Europa (em janeiro as vendas desceram 16,3% e a quota de mercado baixou de 10,6% para 9,6%).

A S&P considera assim que, dado que a Europa representa cerca de metade das vendas, a Renault tem uma grande exposição aos limites de emissões de CO2 impostos por Bruxelas. E que a Nissan, onde a Renault detém uma participação de 43%, pague dividendos no futuro mais próximo.

A aposta em elétricos e híbridos da fabricante apresenta um risco, assinala a S&P, por muitos desses modelos apenas chegarem ao mercado na segunda metade do ano. A agência estima que por cada grama acima do limite a Renault incorra numa multa de 180 milhões de euros.

Recorde-se que a Renault, depois de apresentar o primeiro prejuízo numa década, anunciou um plano de redução de custos de dois mil milhões de euros até 2022 (cerca de 20% dos custos fixos), mas sem o detalhar.

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...