Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Tesla quer baterias sem cobalto para os seus elétricos

A Tesla está a negociar com a CATL o fornecimento de baterias sem cobalto para os seus modelos elétricos.

A Tesla está em negociações com o fabricante chinês de baterias há mais de um ano, para que estes forneçam as baterias de forma a poupar o equivalente a “uma percentagem de dois dígitos”, revelou uma fonte próxima do caso à Reuters.

O cobalto é um dos materiais mais caros que fazem parte das baterias para elétricos, sendo que a Tesla utiliza-o nas suas baterias (de níquel-cobalto-alumínio ou de níquel-manganês-cobalto) devido à maior densidade de energia que estas conseguem acumular.

Assim, a  aposta nestas novas baterias de lítio e fosfato de ferro poderá ajudar Elon Musk a cumprir a promessa que fez em 2018 ao afirmar que a Tesla iria reduzir a utilização de cobalto – que terá um custo atual para a empresa de Musk de cerca de 33.500 dólares (30.968 euros) por tonelada.

Quando as negociações chegarem ao fim, a introdução das baterias sem cobalto deverá iniciar-se na Gigafactory chinesa, já que existirão trabalhadores familiarizados com o processo. O que se traduzirá numa redução de custos de produção na fábrica da China.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...