Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Cupra inaugura nova sede e revela Leon e novo e-Racer

A Cupra inaugurou esta quinta-feira a sua nova sede em Martorell, dentro da fábrica da SEAT, e revelou os novos Cupra Leon 5D (hatchback) e Sportstourer (carrinha), o Cupra e-Racer e o Leon Competición.

A motorização híbrida plug-in dos Cupra Leon hatchback e Sportstourer – que chegam aos mercados no final deste ano – conjuga o motor de 1.4 litros a gasolina TSI de 148 CV (110 kW9 de potência e 250 Nm de binário com o motor elétrico de 85 kW (114 cv) e uma bateria de iões de lítio de 13 kWh para uma potência conjunta de 242 CV (180 kW) e um binário de 400 Nm.

A tecnologia híbrida do Cupra Leon permite-lhe circular até 60 km em modo 100% elétrico necessitando de três horas e meia para carregar a bateria com uma Wallbox (ou seis horas com uma tomada doméstica de 230 V). As emissões de CO2 ficarão abaixo dos 50 g/100 km.

As versões térmicas contam com o motor a gasolina de 2.0 litros com dois níveis de potência – 242 CV e 370 Nm; e 297 CV e 400 Nm – para ambos hatchback e Sportstourer de duas rodas dianteiras motrizes dispondo de um diferencial de controlo eletrónico de escorregamento.

Mas a carrinha oferece ainda a motorização mais potente: 306 CV e 400 Nm, com tração integral 4Drive levando a Sportstourer dos 0 aos 100 km/h em menos de 5 segundos. Esta e todas as motorizações têm acoplada uma transmissão DSG de dupla embraiagem com tecnologia ‘shif-by-wire’ (com controlo eletrónico, sem ligação mecânica à caixa).

O Cupra Leon beneficia do sistema Controlo de Chassi Adaptativo com reação de milissegundos às condições da estrada dispondo o condutor de quatro modos de condução: Comfort, Sport, Cupra e Individual.

Os spoilers ou o difusor, bem como os quatro escapes (dois nas versões menos potentes), as jantes de 19’’ (de 18’’ na versão de 242 CV) e os travões Brembo são exemplos que destacam o carácter de performance dos Cupra. Mas o design exterior, com iluminação total LED, não é apenas estético: a aerodinâmica ganha 8% em relação ao seu antecessor.

No interior, marcado pelos tons cobre e negros, destaque para o cockpit digital com poucos botões e os bancos desportivos. A digitalização estende-se ao ecrã de 10’’ com navegação 3D online ou acesso aos sistemas Apple CarPlay e Android Auto. O reconhecimento por voz é outras das funcionalidades.

Entre os auxiliares de condução, a Cupra destaca especialmente, entre o regulador de velocidade adaptativo ou o assistente de manutenção na faixa, por exemplo, o assistente de emergência do condutor garantindo que este não se distrai indo dos solavancos à paragem do carro conforme a ausência de reação.

O Cupra Leon Competición está destinado quanto a ele a clientes para o campeonato TCR. Com o motor 2.0 litros TSI de 335 CV (250kW) de potência e 410 Nm de binário e uma transmissão de competição sequencial de seis velocidades chega dos 0 aos 100 km/h em 4,5 segundos e tem uma velocidade máxima de 260 km/h.

Já o Cupra e-Racer tem como destino o campeonato de carros elétricos ETCR que arrancará em 2021. Com os seus quatro motores elétricos e um pacote de bateria de 65 kWh, o modelo oferece uma potência de 500 kW (670 CV) e um binário de 960 Nm.

Ler Mais

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...