Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

7 portagens ficam mais baratas a partir de julho

Residentes e trabalhadores vão poder poupar até 25% por mês se usarem as vias todos os dias. Sete autoestradas vão ser alvos de descontos que podem chegar aos 40%.

O modelo de descontos das portagens é uma das medidas que o Governo vai levar para o Conselho de Ministros desta quinta-feira, em Bragança, e que já tinha sido anunciada pela ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, na Assembleia da República, a 24 de janeiro.

A portaria vai entrar em vigor no terceiro trimestre deste ano, tendo a ministra garantido à RTP que a medida representa uma redução de sensivelmente um quarto na fatura mensal dos utentes.

Os descontos nas classes 1 e 2 vão variar conforme a utilização mensal: nos primeiros seis dias será pago o valor integral das portagens; entre o 7.º e o 15.º dia, o desconto é de 20%; a partir do 16.º dia, a redução é de 40%. Quem utilizar a autoestrada 22 dias por mês tem um desconto médio de 20%; quem circular 30 dias por mês tem um desconto médio de 25%. Os residentes e trabalhadores serão os maiores beneficiados.

As sete autoestradas (duas das quais no litoral, por falta de alternativas) que passarão a ter descontos em julho são:

  • A4 (Porto-Vila Real)
  • A24 (Viseu-Chaves e Viseu-Vila Real)
  • A28 (Porto-Viana)
  • A25 (Aveiro-Viseu)
  • A23 (Castelo Branco-Covilhã)
  • A13 (Coimbra-Torres Novas)
  • A22 (Lagos-Vila Real de Santo António)

A redução nas portagens deverá custar mais de 100 milhões de euros ao Estado. Também haverá um novo sistema de descontos para veículos pesados, com o transporte de passageiros a passar a ser beneficiado como já são os que transportam mercadorias: 35% se a viagem for de dia; 55% se a deslocação for de noite.

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...