Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Volkswagen quer comprar os 0,36% que restam da Audi

A Volkswagen decidiu “reforçar o papel da Audi dentro do grupo” e quer que a marca assuma a liderança na investigação e desenvolvimento tecnológico do grupo alemão, indica a agência de notícias espanhola EFE.

Para tal, a Volkswagen vai levar a cabo uma expulsão de acionistas minoritários de acordo com a lei alemã de sociedades anónimas, para comprar 0,36% das ações da Audi cotadas em bolsa que ainda não estão na sua posse. A operação será aprovada na assembleia-geral da Audi deste ano, que já esteve agendada para 14 de maio, mas será adiada para uma data a determinar (em julho ou agosto).

O presidente do Conselho de Administração da Volkswagen e também presidente do Conselho de Supervisão da Audi, Herbert Diess, afirmou, em comunicado citado pela EFE, que as duas marcas estão a unir forças para um posicionamento competitivo.

Também o ainda presidente executivo da Audi, Bram Schot, que será substituído por Markus Duesmann no início de abril, reiterou que “a nova estrutura reforçará o papel da Audi dentro do grupo”.

A Audi vai continuar a ser uma sociedade anónima, mantendo, assim, uma forma jurídica compatível com o mercado de capitais.

“Como representante dos funcionários da Audi, lutámos e alcançámos esse objetivo”, salientou o presidente do comité da empresa, Peter Mosch, que lembrou que a marca permanecerá independente dentro do grupo.

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...