Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Os 5 desafios da condução autónoma

Os veículos autónomos, para o transporte de passageiros ou de mercadorias, poderão dar origem a uma enorme disrupção na sociedade e nos negócios.

Na lista de vantagens dos futuros carros autónomos podemos encontrar a redução do número de acidentes motivados por erro humano, a redução dos custos e impacte ambiental dos meios de transporte, a liberação do tempo dedicado a conduzir e o aumento do alcance de utilizadores.

Com base neste contexto, existem cinco desafios chave a ultrapassar para chegar à condução autónoma:

  1. Fiabilidade dos sistemas e software: como definir e demonstrar o nível certo de aceitação?
  2. Sensores e conetividade: como assegurar a relação correta entre o veículo e o seus meio ambiente?
  3. Avaliação: como podem sistemas automáticos avaliar e tomar decisões complexas?
  4. Arquitetura: como gerir a complexidade do sistema?
  5. Verificação e validação: até onde é preciso testar?

Neste contexto de mercado, há uma série de implicações e abordagens que devem ser consideradas para ultrapassar estes desafios. Em primeiro lugar, a aceitação dos veículos autónomos será uma decisão social e política. Assim, todos os envolvidos terão o dever de ser transparentes sobre as suas escolhas e racionais relativamente aos carros autónomos.

A complexidade do ambiente de condução irá exigir o surgimento de novos sensores e canais de comunicação, bem como de abordagens mais sofisticadas para a captação e a interpretação da informação.

A implementação de processos de tomada de decisão deve considerar:

  • Uma adequada divisão de responsabilidade entre operadores, fabricantes e outras partes, com base em requisitos técnicos claros em vez de objetivos abstratos.
  • A capacidade de corrigir e atualizar políticas de tomadas de decisão ao longo do tempo.
  • O papel das interações humano-máquina irá exigir abordagens de design centradas no utilizador.

Os sistemas autónomos tendem a ser de alta complexidade, pelo que será necessário criar métodos arquiteturais que tornem os custos geríveis e a garantia de segurança plausível.

Além disso, este domínio da tecnologia está a mudar muito rapidamente e as empresas e governos irão precisar de investir para acompanhar todas as tendências emergentes.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...