Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Tecnologia: Já conhece a Nissan e-4ORCE?

No novo mundo dos automóveis elétricos de comercialização em larga escala, uma área na qual a Nissan foi pioneira com o Nissan LEAF há uma década, verificou-se uma tendência crescente para dar ênfase ao desempenho puro.

A combinação de um motor elétrico e bateria proporciona níveis de aceleração e binário outrora reservados aos automóveis superdesportivos ou comboios-bala. Ainda que a emoção a eles associada seja inegável, a Nissan está a adotar uma abordagem equilibrada e centrada no cliente, que vai para além da simples velocidade, com a sua mais recente tecnologia de grupo motopropulsor elétrico.

Esta tem o nome de e-4ORCE (pronuncia-se “e-force”), uma nova e revolucionária tecnologia de controlo de tração integral, que permite binário instantâneo nas quatro rodas e potência equilibrada e previsível em qualquer situação.

O “e” em e-4ORCE representa o sistema de transmissão de motor 100% elétrico da Nissan. “4ORCE” (pronunciado force) evoca a energia e a potência do automóvel e o “4” representa o controlo de tração integral.

Atualmente nas suas fases finais de desenvolvimento, a tecnologia de controlo de tração integral e-4ORCE da Nissan consegue um equilíbrio entre desempenho potente e controlo inigualável, proporcionando entusiasmo sempre que se pressiona o acelerador e assegurando, ao mesmo tempo, conforto e segurança para todos os que se encontram no automóvel.

Com gestão da potência e do desempenho de travagem para suavidade e estabilidade máximas, o e-4ORCE reforça a confiança do condutor detetando fielmente a linha de condução pretendida numa variedade de superfícies, sem que o condutor tenha de mudar a sua forma ou estilo de condução.

Durante o Salão Automóvel de Tóquio 2019 e no CES em Las Vegas no início deste ano, a Nissan demonstrou a sua tecnologia e-4ORCE num automóvel de teste especialmente construído sobre um LEAF e+, de modo a permitir que os condutores sentissem o potencial dessa tecnologia.

Mantendo o tema do “controlo de tração integral”, a tecnologia e-4ORCE apoia os condutores de quatro formas.

1. Sistema totalmente elétrico

Simplificando, o Nissan e-4ORCE é um sistema avançado baseado em motores elétricos duplos. Até agora, todos os automóveis elétricos da Nissan utilizou um motor elétrico único, normalmente para tração dianteira. À medida que a Nissan vai diversificar a sua gama de automóveis elétricos, um sistema de tração integral é um passo seguinte lógico, principalmente quando o Ariya Concept antecipa um futuro crossover elétrico.

A tecnologia de controlo do grupo motopropulsor elétrico da Nissan no automóvel de teste do e-4ORCE reage aos comandos do condutor com uma ultra-precisão que é três vezes mais rápida do que um piscar de olhos.

Desta forma, o sistema não só proporciona ao condutor aceleração suave e instantânea, como também assegura que a tecnologia de controlo é capaz de lidar com uma grande variedade de cenários. De facto, apesar de incluir aceleração imediata, o e-4ORCE destaca-se verdadeiramente quando o condutor tem de reagir subitamente para evitar algo na estrada, como um animal ou objeto. O sistema gere e transmite as intenções e expectativas do condutor de forma instantânea mas suave e eficiente.

Os engenheiros da Nissan aproveitaram os conhecimentos obtidos com o ATTESSA E-TS, o sistema de gestão de binário do Nissan GT-R e o sistema 4×4 inteligente do Nissan Patrol para maximizar o controlo da potência, da travagem e do chassis. A longa história da Nissan no desenvolvimento de automóveis elétricos e de sistemas de tração integral avançados assegura que o e-4ORCE será um dos sistemas mais robustos disponíveis.

«Esta tecnologia oferece um novo nível de controlo», afirmou Ryozo Hiraku, diretor técnico da divisão de engenharia de automóveis elétricos e grupos motopropulsores da Nissan. «Novo para a Nissan, novo para os automóveis elétricos. A tecnologia de controlo do e-4ORCE é a combinação dos nossos conhecimentos relativamente à tecnologia de controlo do chassis e tração integral e a nossa experiência no desenvolvimento de automóveis elétricos. O e-4ORCE não é o sucessor de um, mas a evolução de muitos».

2. Comportamento extraordinário

A tecnologia de controlo do e-4ORCE proporciona um controlo do chassis equilibrado, deteção de trajetórias e precisão de direção em todas as circunstâncias, mantendo a previsibilidade do comportamento do automóvel mesmo durante manobras súbitas. O sistema modula constantemente a potência de cada motor elétrico duplo a bordo, bem como o controlo de travagem de cada roda, de modo a entregar um controlo total ao condutor.

«A tecnologia de controlo do e-4ORCE destaca-se de todos os outros sistemas de tração integral de automóveis elétricos atualmente disponíveis», disse Hiraku. «Efetuámos ajustes extensivos para proporcionar um desempenho preciso que apoie as intenções do condutor para uma condução agradável numa grande variedade de condições».

Normalmente, ao curvar, um veículo tende a desviar-se para o exterior da curva durante a aceleração (subviragem), fazendo com que o condutor aplique mais direção ou diminua a velocidade. O e-4ORCE distribui o binário para as rodas dianteiras e traseiras do veículo de modo a maximizar a aderência de cada pneu de acordo com as condições da superfície da estrada e a situação do automóvel.

O equilíbrio de tração integral do e-4ORCE tem como predefinição uma distribuição 50/50, mas pode também transferir até 100% da potência para as rodas dianteiras ou traseiras, ou qualquer combinação intermédia, para vários tipos de estrada e condições de condução. A força de desaceleração é controlada na perfeição em cada uma das quatro rodas, através de uma combinação de travagem regenerativa e travagem hidráulica, melhorando assim o desempenho em curvas e a desaceleração.

O resultado é um maior nível de controlo, principalmente em curva, que proporciona aos condutores uma experiência agradável, suave e previsível, com ajustes mínimos à direção.

3. Conforto fiável para todos

Desde o início, a equipa de engenharia avançada responsável pelo desenvolvimento do e-4ORCE definiu o conforto como uma das principais prioridades. O desafio era assegurar o impressionante desempenho do automóvel elétrico e, ao mesmo tempo, proporcionar uma viagem suave a todos os ocupantes em vários cenários de condução.

A travagem regenerativa é uma das imagens de marca de um automóvel elétrico. A tecnologia permite que a energia seja recapturada quando o automóvel abranda e, em seguida, envia a eletricidade novamente para a bateria. Uma vez que o sistema e-4ORCE gere a travagem e a potência de cada roda, quando a travagem regenerativa é acionada, os motores elétricos dianteiro e traseiro trabalham para reduzir a oscilação e os movimentos bruscos do automóvel. Tal ajuda a manter o habitáculo mais nivelado, o que confere os passageiros que nele se encontrem um maior nível de conforto, por exemplo, no pára-arranca do trânsito.

«A resposta do motor elétrico pode proporcionar aceleração excelente, mas este não era, por si só, o nosso objetivo», declarou Hiraku. «Ao tirar partido da precisão de controlo dos motores do e-4ORCE, conseguimos controlar o movimento do automóvel assim que os travões são acionados, proporcionando a todos os ocupantes, principalmente aos passageiros, uma viagem estável e suave».

4. Maior confiança na estrada

A condução em superfícies desafiantes, como estradas molhadas, com gelo ou neve, pode ser stressante até mesmo para o condutor mais experiente. O grupo motopropulsor elétrico e o controlo do sistema de travagem do e-4ORCE asseguram que a potência é fornecida, em cada momento, às rodas com maior aderência e, ao mesmo tempo, estabilizam as oscilações do automóvel para manter o controlo do comportamento e a precisão das trajetórias. Se o condutor aplicar demasiada potência, o sistema irá gerir a entrega desta às rodas para assegurar a manutenção da estabilidade e da trajetória, mesmo em estradas com piso escorregadio.

«Desenvolvemos esta tecnologia para trabalhar em segundo plano e não perturbar o condutor», conclui Hiraku. «Queremos que mesmo os condutores estreantes se sintam confortáveis com as reações do automóvel, conforme pretendido, de forma extremamente natural. Quando as pessoas se habituarem a um automóvel com e-4ORCE, poderão ficar surpreendidas ao conduzir um automóvel sem este sistema».

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...