Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Covid-19: SEAT doa 100 mil euros para projeto #YoMeCorono

Há anos que a SEAT se compromete na promoção da saúde e bem-estar dos seus funcionários e da sociedade. Na sequência deste compromisso, a empresa doou 100.000 euros à iniciativa #YoMeCorono para ajudar na investigação e desenvolvimento de uma vacina contra o vírus do Covid-19.

O projeto #YoMeCorono é liderado pelo Dr. Buenaventura Clotet, presidente da Fundação de Luta Contra a SIDA, diretor do IrsiCaixa e membro honorário do Comité Científico de Empresa Saudável da SEAT, juntamente com os principais investigadores dos centros integrados no consórcio CBIG. O CBIG é composto pelo Centro de Investigação em Saúde Animal (CReSA), com longa experiência no estudo de coronavírus, pelo Centro de Supercomputação de Barcelona (BSC) e IrsiCaixa, e conta com o apoio de Grifols.

Com este donativo, a SEAT volta a focar-se em ajudar a população e a comunidade de saúde com uma iniciativa solidária. Esta ação vem juntar-se aos diferentes projetos liderados pela empresa automóvel que tem levado a cabo nos últimos meses de forma voluntária, como a produção de respiradores de emergência e máscaras.

“A SEAT é uma companhia solidária e comprometida com a saúde e bem-estar da sociedade, e por isso sentimo-nos orgulhosos por contribuir para a investigação de uma vacina contra o COVID-19 através da campanha #YoMeCorono. Desde o início desta pandemia, a SEAT quis contribuir para ajudar a melhorar a situação durante a emergência de saúde”, assinalou Carsten Isensee, presidente da SEAT e vice-presidente de finanças.

Por seu lado, o Dr. Buenaventura Clotet, Fundação de Luta Contra a SIDA, diretor do IrsiCaixa e membro honorário do Comité Científico de Empresa Saudável da SEAT, comentou: “Esta contribuição é uma ajuda muito importante para se poder encontrar mais rapidamente uma ferramenta eficaz para combater o COVID-19. A este respeito, gostaria de agradecer à SEAT o seu constante empenho na sociedade e no bem-estar das pessoas. Todos unidos vamos torná-lo possível”.

Compromisso com a saúde

Há vários anos que a SEAT colabora com entidades como a Fundação de Luta Contra a SIDA como parte da sua estratégia de responsabilidade social corporativa. No âmbito do seu compromisso com a saúde e o bem-estar das empresas, a SEAT dispõe de um programa avançado de cuidados de saúde para os seus trabalhadores. Em 2017, foi inaugurada a CARS (Centro de Saúde e Reabilitação) em Martorell, um centro médico único e pioneiro em medicina preventiva, de cuidados e reabilitação, que realiza anualmente mais de 50.000 visitas aos trabalhadores da SEAT.

Nesse sentido, foi criado o Comité Científico da Empresa Saudável da SEAT, composto por especialistas de várias organizações relacionadas com a saúde, como o conceituado investigador e especialista em doenças infeciosas Bonaventura Clotet e investigadores da Universidade de Harvard ou do Hospital Clínic, que realizam investigação sobre questões relacionadas com a saúde. Além disso, a SEAT anunciou recentemente o lançamento da CARS Madrid, uma unidade médica avançada com serviços de saúde especializados, destinado aos cerca de 1.350 trabalhadores do Grupo Volkswagen na capital espanhola.

Além disso, e face à recente situação da pandemia causada pelo COVID-19, a empresa automóvel disponibilizou à sociedade a sua capacidade de inovação e reinvenção para contribuir para a melhoria da situação e, sobretudo, para ajudar o sistema de saúde. Com este objetivo de solidariedade, a empresa lançou várias iniciativas de forma voluntária, incluindo a produção de respiradores de emergência e máscaras; a cedência de até 150 veículos para hospitais para facilitar a mobilidade e o transporte de pessoal e equipamentos sanitários; ou o desempenho dos testes de PCR nos seus 15.000 trabalhadores.

Organizou também iniciativas para manter os trabalhadores sempre informados, como uma entrevista com o Dr. Clotet no início da pandemia ou a masterclass virtual que teve lugar na passada terça-feira, dia 16, para discutir a situação atual do COVID-19. Cerca de 200 funcionários participaram no streaming e o médico respondeu ao vivo às suas perguntas e preocupações.

#YoMeCorono

A campanha de crowdfunding #YoMeCorono apoia o projeto de investigação para ensaios clínicos com novos fármacos, o desenvolvimento de anticorpos e uma vacina contra o novo coronavírus. Até à data já angariou mais de 2,3 milhões de euros.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...