Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

IP abre na 6.ª feira troço da A26 no Baixo Alentejo

A Infraestruturas de Portugal anunciou hoje que o troço da A26/IP8 que liga a Autoestrada do Sul (A2) ao concelho de Ferreira do Alentejo (Beja), pronto há anos, mas ainda encerrado, abre ao tráfego esta sexta-feira.

“A Infraestruturas de Portugal (IP) informa que abre amanhã [sexta-feira] ao tráfego, a partir das 20:00, o novo troço da A26/IP8 entre Grândola Sul e Santa Margarida do Sado”, no concelho de Ferreira do Alentejo, revelou a empresa, em comunicado enviado hoje à agência Lusa.

Segundo a empresa, este novo troço da A26, com cerca de 13 quilómetros de extensão e construído em perfil de autoestrada, “assegura a ligação da A2, na zona da Praça de Portagem do Nó de Grândola Sul, com a Estrada Nacional (EN) 259”.

A via vai beneficiar “diretamente as acessibilidades aos concelhos do interior desta região, designadamente o de Ferreira do Alentejo e o de Beja”, destacou a IP, que vai ser responsável pela operação e manutenção da exploração da estrada.

A conceção, construção e financiamento desta empreitada foi da responsabilidade da subconcessionária SPER – Sociedade Portuguesa para a Construção e Exploração Rodoviária, S.A., no âmbito da Subconcessão do Baixo Alentejo, lembrou.

A abertura ao trânsito desta estrada tem sido reivindicada nos últimos anos na região, por autarcas, empresários, associações empresariais, movimentos de defesa dos interesses do Baixo Alentejo e a própria população.

A A26, no traçado previsto para o Itinerário Principal (IP) 8, que deveria ligar Sines e Beja, começou a ser construída em 2010, mas as obras foram suspensas em 2011, por causa de dificuldades financeiras da subconcessionária, segundo dados já fornecidos anteriormente à Lusa pela IP.

No âmbito da renegociação do contrato, foram canceladas as obras de quatro lanços e foram retomadas, em 2015, as obras dos lanços Sines/Relvas Verdes, já em serviço, e Nó de Grândola Sul da A2/Santa Margarida do Sado.

Este último, que é o que vai abrir na sexta-feira, ficou concluído em 2017, mas manteve-se fechado devido à necessidade de ser adaptada a praça de portagem para interligar a A26 e a A2.

No comunicado enviado hoje à Lusa, a Infraestruturas de Portugal revelou ainda “novos investimentos” com vista ao “reforço da mobilidade no distrito de Beja”.

“Com o objetivo de melhoria das acessibilidades e condições de segurança nesta região do Baixo Alentejo, está ainda prevista a construção das variantes ao IP8 (EN259 e EN121), às localidades de Figueira de Cavaleiros e Beringel, aproveitando a área e trabalhos parcialmente executados no âmbito da Subconcessão do Baixo Alentejo”, anunciou a empresa.

Além disso, vão ser “realizadas intervenções de beneficiação do troço da EN259, entre Santa Margarida do Sado e Ferreira do Alentejo, e, numa segunda fase, de beneficiação da EN121, entre Ferreira do Alentejo e o limite do concelho, em direção a Beja”, pode ler-se no comunicado.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...