Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Bosch permite diagnósticos em veículos Mercedes-Benz com acesso protegido

A partir de setembro de 2020, na Europa, todos os novos modelos de veículos devem estar equipados com acesso seguro para diagnósticos, de acordo com o Regulamento da UE 2018/858.

Este regulamento visa proteger os componentes eletrónicos do veículo contra manipulação e acesso não autorizado. Após a FCA (Fiat Chrysler Automobiles), a Mercedes-Benz AG, entre outros, estão a introduzir estas medidas de segurança num conceito de dois estágios.

Com a atualização 2020 / 1.02, as oficinas que usam o software Bosch ESI [tronic] receberão a atualização necessária para executar tarefas abrangentes de diagnóstico, serviço e reparações sem restrição, mesmo em veículos Mercedes-Benz.

Para responder aos requisitos das regulamentações europeias, os fabricantes de automóveis trabalham com conceitos de segurança que geralmente incluem restrições ao acesso a componentes eletrónicos dos veículos. Para esse fim e como primeiro passo, a Mercedes-Benz AG está a usar uma extensão do chamado procedimento Seed & Key. Isso baseia-se num algoritmo especial necessário para ativar as funções protegidas.

O modo operacional é semelhante ao de um “gateway” de segurança. No entanto, a solução Bosch não requer nenhum registo no portal do fabricante do veículo. Sem a possibilidade de desbloqueio, certas funções, como calibração de sistemas de assistência ao condutor, ficam inacessíveis e o acesso futuro ficará limitado à identificação da ECU, leitura dos valores reais e leitura ou exclusão de falhas na unidade de memória. Vários modelos Mercedes-Benz produzidos a partir do último trimestre de 2019 já estão equipados com Seed & Key.

Desbloquear a interface de diagnóstico sem dados de acesso especiais

As atualizações regulares do software Bosch ESI [tronic] permitem que as oficinas continuem a trabalhar sem restrições nos veículos Mercedes-Benz protegidos por Seed & Key. Não são necessários dados de acesso especiais, nem é necessário o registo através do portal do fabricante do veículo.

Para desbloquear, a oficina precisa apenas de uma conexão à Internet e de equipamentos de diagnóstico Bosch da geração mais atual, como o KTS 560, 590 ou 350. A partir de meados de 2020, o KTS 250 também suportará este recurso.

Ao longo do ano, a Mercedes-Benz AG planeia desenvolver o seu conceito de segurança com um segundo passo. Os utilizadores do ESI [tronic] serão também informados dessas alterações.

A Bosch já havia adaptado o seu software de oficina para trabalhar em veículos da FCA (Fiat Chrysler Automobiles) com Security Gateway com Service Pack 2019/03. Neste caso, a conexão à Internet é usada para trocar certificados de segurança entre os testadores de diagnóstico modernos Bosch KTS, como o KTS 560, 590 e 350, bem como, no final de 2020, com o KTS 250 e o servidor do fabricante de automóveis, concedendo acesso à eletrónica do veículo.

De acordo com as regras da FCA, cada mecânico deve efetuar o registo com antecedência para obter uma licença paga para a ativação. Depois disso, o ESI [tronic] pode ser usado como de costume para realizar diagnósticos abrangentes em veículos protegidos pelos protocolos de segurança da FCA.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...