Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

F1: Fernando Alonso regressa à Renault

A Renault F1 confirmou o acordo com Fernando Alonso para as duas próximas temporadas, com opção de mais uma.

Com um vasto currículo de 314 participações em Grandes Prémios, 32 vitórias e 97 pódios, Fernando Alonso junta-se à Renault DP World F1 Team nas próximas temporadas da Fórmula 1.

Dado a intensa ligação histórica e emocional entre a equipa e Fernando Alonso – Renault e Fernando conquistaram os seus dois títulos mundiais juntos em 2005 e 2006 – “o compromisso agora concretizado manifesta uma decisão ousada e relevante para o futuro”, afirma a Renault em comunicado.

O espanhol foi o eleito da Renault para substituir Daniel Ricciardo (que assinou pela McLaren), e terá como companheiro de equipa Esteban Ocon.

Alonso regressa assim à principal competição de automobilismo do mundo de onde saiu no final de 2018, depois de defender as cores da McLaren por quatro anos.

Para Cyril Abiteboul, diretor geral da Renault Sport Racing, “a contratação de Fernando Alonso faz parte do plano do Grupo Renault em continuar o seu compromisso com a F1 e voltar ao topo. A sua presença na nossa equipa é um ativo formidável a nível desportivo, mas também para a marca, à qual ele está muito ligado. A força do vínculo entre ele, a equipa e os fãs, faz dele uma escolha natural. Além dos sucessos do passado, é uma escolha mútua ousada e um projeto para o futuro”.

Cyril Abiteboul diretor geral Renault Sport Racing

“A sua experiência e determinação permitirão levar a equipa à excelência exigida na Fórmula 1. Ele também trará à nossa equipa, que cresceu muito rapidamente, uma cultura de vitória para superar os obstáculos. Ao lado de Esteban Ocon, a sua missão será ajudar a Renault DP World F1 Team a preparar-se para a temporada 2022 nas melhores condições possíveis”, concluiu o responsável.

Já Fernando Alonso não se podia mostrar mais satisfeito com o regresso à equipa: “A Renault é a minha família, traz-me as minhas melhores lembranças na Fórmula 1, com os meus dois títulos no Campeonato do Mundo, mas agora olho para o futuro. É com grande orgulho e, com uma imensa emoção, que regresso à equipa que me deu a hipótese no início da minha carreira e que agora me dá a oportunidade de voltar ao mais alto nível”.

“Tenho ambições alinhadas com o projeto da equipa. O seu progresso neste inverno dá credibilidade aos objetivos da temporada de 2022 e vou partilhar toda a minha experiência com todos, desde engenheiros, até aos mecânicos e meus companheiros de equipa. A equipa quer e tem os meios para voltar ao pódio, assim como eu”, afirmou ainda o piloto.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...