Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Mercedes inaugura Factory 56 e começa a produzir novo Classe S

Flexível, digital, eficiente e sustentável: a Factory 56 incorpora o futuro da produção na Mercedes-Benz e estabelece novas referências na indústria automóvel.

Com um investimento de aproximadamente 730 milhões de euros, a fábrica nas instalações da Mercedes-Benz em Sindelfingen é um claro compromisso com a Alemanha como um polo empresarial. No total, a Mercedes-Benz irá investir cerca de 2.1 mil milhões de euros nas instalações de Sindelfingen.

Ao mesmo tempo, a empresa irá aumentar a eficiência na Factory 56 em 25% comparativamente à anterior linha de montagem do Classe S.

A produção na Factory 56 é caracterizada pela máxima flexibilidade; isto aplica-se ao número de modelos produzidos, ao volume de produção bem como ao escoamento dos materiais.

Novos modelos – desde compactos aos SUV, incluindo cadeias cinemáticas convencionais, híbridas plug-in e elétrica – podem ser integrados na produção em série em apenas alguns dias.

A produção pode ser rápida e flexivelmente ajustada para satisfazer a procura pelo mercado.

Em conformidade com a iniciativa Ambition 2039, a Factory 56 será uma fábrica neutra em carbono, cujas necessidades a nível de energia serão extremamente reduzidas.

Isto só é possível, entre outros fatores, devido ao seu inovador conceito de energia com um sistema fotovoltaico, uma rede de distribuição de energia de corrente contínua e sistemas de armazenamento de energia que utilizam baterias reutilizadas de veículos.

Tecnologias e processos inovadores foram implementados de forma consistente e abrangente em toda a linha de montagem, fornecendo o melhor apoio possível aos colaboradores durante o seu trabalho diário.

O conceito da Factory 56 será gradualmente aplicado a todas as fábricas de veículos da Mercedes-Benz em todo o mundo.

Factos e números na Factory 56

  • Construção: 2 anos e meio;
  • Área total da soleira de 220,000 metros quadrados, correspondendo a 30 campos de futebol;
  • Terra escavada: aproximadamente 700,000 metros cúbicos;
  • Aço utilizado durante a construção: aproximadamente 6,400 toneladas, praticamente a mesma quantidade utilizada na Torre Eiffel em Paris;
  • Volume de cimento utilizado: aproximadamente 66,300 metros cúbicos, correspondendo a cerca de 150 casas de família;
  • O cimento reciclado foi utilizado no edifício principal;
  • Mais de 12,000 painéis fotovoltaicos com uma potência máxima superior a 5,000 MW;
  • Um acumulador de energia da Mercedes-Benz Energy GmbH com uma capacidade de 1,400 kWh;
  • Comprimento do canal de retenção de água da chuva de aproximadamente 1 km, com profundidade máxima de 17 metros e diâmetro de 3 metros;
  • Redes de comunicação WLAN e 5G de alta taxa de transferência de dados, como base para a digitalização total da Factory 56.
Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...