Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

A estratégia Maserati para os próximos anos

Para a Maserati, este é o início de uma nova era. A marca do Tridente assume o protagonismo com novos modelos, inovações e projetos revolucionários: para a marca, o foco está fortemente apontado ao futuro.

Depois da faísca acesa pelo Ghibli Hybrid, apresentado em julho, da potência da Coleção Trofeo, lançada em agosto, e da estreia mundial do superdesportivo MC20, revelado ao mundo num evento esta quinta-feira, o futuro da Maserati está pronto a iniciar-se.

Renovação total

O ponto de partida para esta viagem (ao futuro) é a histórica fábrica da Viale Ciro Menotti, em Modena – onde a marca do Tridente tem tido a sua casa há mais de 80 anos e que combina o ADN “Made in Italy” da Masearti.

Assim, e respondendo a um irreprimível impulso rumo ao futuro e à inovação, a fábrica foi modernizada com novas instalações de produção, de montagem de motores e de pintura, especificamente para o novo MC20.

Na verdade, o Nettuno, a inovadora unidade motriz V6 do superdesportivo, é a primeira criação do Maserati Engine Lab, o novo polo de motores recentemente criado nas instalações de Modena, as quais foram, também, pela primeira vez na sua história, equipadas com uma área de pintura de última geração e respeitadora do ambiente.

O MC20 é o primeiro passo da nova era, o primeiro modelo a marcar um novo ritmo rumo ao futuro. O design elegante do superdesportivo é alcançado através de uma série de opostos finamente equilibrados: uma combinação entre manufatura e engenharia, elegância e performance, espírito da competição e prazer ao volante.

Desenhado pelo Maserati Style Centre, em Turim, o MC20 é totalmente concebido e produzido em Modena, e começou a tomar forma nos laboratórios do Maserati Innovation Lab, o polo de engenharia da marca do Tridente, uma instalação de excelência, onde todos os modelos da Maserati do presente e do futuro são trazidos à vida.

No Maserati Innovation Lab, em Modena, processos digitais apoiam o desenvolvimento de produto, aplicando a exclusiva fórmula da Maserati, que adota uma abordagem integrada para dar prioridade ao fator humano logo desde as fases iniciais: o foco no cliente é incorporado no mundo da simulação virtual através de uma exclusiva combinação de hardware e software.

De facto, mais de 90% da dinâmica do veículo do MC20 foi desenvolvida com o auxílio de modelos virtuais, fazendo uso de uma abordagem inovadora, denominada Virtual Vehicle Dynamics Development, gerida internamente pela própria Maserati.

O Maserati Innovation Lab é, deste modo, o local perfeito para debater o futuro da marca, e nos seus laboratórios irão nascer o Folgore e o novo SUV Grecale.

Folgore é a nova estratégia para a eletrificação ao estilo da Maserati, e acende a chama de uma nova energia. Uma energia que irá projetar o Tridente rumo ao futuro.

Os novos Maserati GranTurismo e GranCabrio serão os primeiros modelos da marca a adotar soluções 100% elétricas; serão concebidos em Modena e construídos no polo de produção de Turim. Irá, igualmente, existir uma versão elétrica do MC20, a produzir na fábrica da Maserati em Modena.

O primeiro passo para a eletrificação da gama é o Ghibli Hybrid, lançado em junho. O desafio que a Maserati tinha pela frente era entrar no mundo da eletrificação sem atraiçoar a filosofia e os valores nucleares da marca.

O resultado? A criação do melhor híbrido possível. Mantendo-se fiel ao seu ADN, a Maserati escolheu uma solução híbrida centrada, principalmente, na melhoria da performance, ao mesmo tempo reduzindo o consumo e as emissões.

O futuro SUV da Maserati terá o nome de um vento. Será denominado Grecale, recebendo o nome do forte vento nordeste do Mar Mediterrâneo, e está destinado a desempenhar um papel determinante no desenvolvimento da marca.

A Maserati possui uma tradição de longa data de batizar os seus automóveis com o nome dos mais famosos ventos do mundo.

Tudo começou em 1963, com o lendário Mistral. A que se seguiram Ghibli, Bora, Merak e Khamsin. E, em 2016, o Levante, o primeiro SUV da história da Maserati.

A nova era da marca abrange, de igual modo, a personalização dos seus modelos. Graças ao novo programa Maserati FUORISERIE, será, agora, possível, personalizar qualquer Maserati ao gosto do cliente, e a cada comprador é oferecida a oportunidade de uma experiência única, na nova oficina de “alfaiataria automóvel”, a ser criada na sede de Modena.

Para ajudar os clientes a definir o seu caminho através das milhares de combinações possíveis, criámos três coleções essenciais como pontos de partida, três coleções – denominadas Corse, Unica e Futura – que expressam o poder da marca e representam os seus valores, juntando uma performance de cortar a respiração com elegância e inovação.

No seu caminho rumo ao futuro, a marca mantém, orgulhosamente, as suas ligações ao seu ADN; a Maserati parte de Modena, do coração do Motor Valley italiano, epicentro da paixão, da performance e da audácia, e também dá o devido realce aos maravilhosos automóveis do seu passado, através dos serviços dedicados do novo programa Classiche.

Adicionalmente, para assinalar o arranque da nova era da marca e o relevante evento “MMXX: Time to be Audacious”, os holofotes incidem sobre o palco da mobilidade a nível global e a Maserati reforça a sua ligação com a sua cidade natal: Modena foi escolhida para a apresentação ao mundo da mais recente adição à família, o MC20, e um dos exemplares do modelo é exibido na Piazza Grande, sob a torre Ghirlandina. E o que é mais, a Piazza Roma alberga a Coleção Trofeo: as mais extremas e potentes variantes do Levante, do Ghibli e do Quattroporte.

A Coleção Trofeo está, agora, completa. Após o lançamento, em 2018, do Levante Trofeo, a versão mais extrema e potente do SUV, os novos Quattroporte e Ghibli Trofeo, com o novo motor V8 de 580 cv, estão, agora, disponíveis, alcançando o pináculo da performance, da desportividade e do luxo, e fazendo delas as mais potentes berlinas de sempre da Maserati.

Também durante o evento, o Teatro Anatómico, em Modena, foi o local para uma “sessão de anatomia”, em que o Nettuno, o novo motor construído em Modena, pode ser visto aberto e dissecado, uma oportunidade para examinar as caraterísticas de uma joia tecnológica ao mais ínfimo pormenor.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...