Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Repsol e grupo Armando Álvarez apostam na economia circular do plástico

A Repsol e o Grupo Armando Álvarez (GAA) desenvolveram uma nova gama de embalagens circulares que incorporam poliolefinas recicladas de alta qualidade, recuperadas por reciclagem mecânica e química.

Esta nova parceria vem reforçar o objetivo da Repsol anunciado em dezembro passado de ser uma empresa com zero emissões líquidas em 2050, para o qual o negócio químico da empresa também contribuirá de forma decisiva. A Repsol aposta na eficiência dos seus processos químicos industriais e está orientada para a economia circular, com a ambição de reciclar o equivalente a 20% da produção de poliolefinas da empresa até 2030.

O resultado da colaboração entre a Repsol e a GAA foi o desenvolvimento do primeiro material homologado para a aplicação de película destacável que incorpora material reciclado da gama Repsol Reciclex, tonando-se assim empresas líderes de mercado e campeãs da economia circular em aplicações de embalagem.

Outra conquista da parceria entre as duas empresas são os sacos industriais que a Repsol utiliza para comercializar os seus pellets, que incorporam 30% de material reciclado pós-consumo. Graças a um sistema de logística reversa, a Repsol recupera os sacos industriais usados e, após a reciclagem, o material é incorporado nas bobinas que a GAA fabrica para a Repsol.

Desta forma, é possível utilizar o material na sua aplicação original, o que permite prolongar a vida útil dos materiais, fazer com que os resíduos sejam geridos de forma mais eficiente e dar prioridade às opções de reaproveitamento e reciclagem em relação ao consumo de novas matérias-primas.

Por último, a Repsol e a GAA estabeleceram um acordo comercial para oferecer aos seus clientes embalagens sustentáveis ​​para uso alimentar, utilizando poliolefinas circulares da gama Repsol Reciclex, com certificação ISCC PLUS. Estas poliolefinas são obtidas através da reciclagem química de resíduos plásticos pós-consumo não adequados para reciclagem mecânica. Desta forma, ambas as empresas promovem a economia circular em aplicações de elevado valor acrescentado e colocam produtos circulares à disposição dos consumidores finais.

A Repsol tem, desde 2016, uma estratégia de economia circular que se aplica a toda a cadeia de valor da empresa, desde a obtenção de matérias-primas à comercialização de produtos e serviços. Atualmente, possui mais de 200 projetos em curso nesta área, os quais são desenvolvidos em colaboração com mais de 180 parceiros estratégicos, organizações e instituições. Estas parcerias, como a anunciada hoje com o GAA, permitem criar as sinergias necessárias para acelerar a implementação de soluções circulares e colocá-las à disposição da sociedade.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...