Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Gasóleo e gasolina custam menos em Santarém e Castelo Branco

Em agosto, Santarém e Castelo Branco registaram os preços de gasóleo e gasolina mais baixos, enquanto Beja e Bragança, os mais caros, segundo revela o Boletim do Mercado de Combustíveis e GPL, referente a agosto de 2020, divulgado esta segunda-feira, pela ERSE – Entidade Reguladora de Serviços Energéticos.

O Boletim indica também que os hipermercados mantêm as ofertas mais competitivas nos combustíveis rodoviários, seguidos pelos operadores do segmento ‘low cost’.

Os PVP (médios) dos combustíveis rodoviários e do GPL engarrafado, registaram ligeiras subidas, à exceção da gasolina (-0,3%). As introduções a consumo em agosto desceram 1%, refletindo uma retração no gasóleo e, em menor expressão, no GPL.

O preço médio da gasolina simples 95 foi de 1,431 euros; aditivada 95 (1,463 euros); Simples 98 (1,519 euros).

O preço médio do gasóleo simples foi de 1,268 euros e do aditivado 1,324 euros.

O preço médio do GPL Auto foi de 0,695.

O Boletim indica também que Viana do Castelo, Vila Real e Portalegre registaram, para Portugal Continental, a garrafa de GPL (butano e propano) com o menor custo. Setúbal, Beja e Faro, apresentam os mais elevados.

O butano apresentou uma subida nas cotações, ultrapassando o propano no final do mês.

A ERSE dá ainda nota de que, no período em análise, o preço do barril de petróleo bruto continuou a trajetória de recuperação em curso desde junho, após a abrupta queda sofrida em abril.

O aumento do preço refletiu os cortes de produção da OPEP+ iniciados em maio, tendo sido dados sinais recentes para a retoma gradual da produção da Arabia Saudita e de outros produtores.

As cotações dos derivados do petróleo nos mercados internacionais mantiveram-se estáveis em agosto, acompanhando a tendência do BFO e do WTI.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...