Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Nikola: Abandono do fundador e CEO afunda ações em 22%

A saída de Trevor Milton da Nikola, anunciada esta segunda-feira, provocou a queda da ações da empresa em 22% antes da abertura em Wall Street.

A decisão foi tomada depois de ter sido tornado público que os reguladores estão a investigar a empresa, recentemente comprada pela norte-americana General Motors, indica a Bloomberg.

Com a saída de Trevor Milton, a empresa dedicada ao desenvolvimento de camiões e pick-ups elétricos e a hidrogénio resolveu nomear  Stephen Girsky para ocupar o cargo de presidente.

Recorde-se que os problemas da Nikola, fundada em 2014, começaram a 10 de setembro deste ano, dois dias apenas após a compra por parte da GM ter sido tornada pública (pagou 2 mil milhões de dólares por 11% do capital da empresa): a Hindenburg Research, focada nas apostas na queda de ações, afirmou que a empresa estaria a enganar os investidores quanto às respetivas perspetivas de negócio.

Terão sido estas alegações que levaram agora o regulador dos mercados norte-americano – a Securities Exchange Commission (SEC) – a iniciar as investigações à Nikola, coadjuvado pelo Departamento da Justiça dos EUA.

No domingo, através da sua conta do Twitter, Milton afirmou que irá defender-se destas alegações.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...