Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Radicais e mais potentes: Chegaram os novos BMW M3 e M4

A BMW revelou a nova geração dos seus desportivos M3 Sedan e M4 Coupé com novo visual e maior potência. Chegam ao mercado em 2021.

Os novos modelos da marca alemã apresentam-se com uma nova grelha sobredimensionada com filamentos horizontais, asas e saias laterais, um para-choque dianteiro redesenhado com generosas entradas de ar e faróis de formato afilado full-LED de série.

Os dois desportivos adotam também um tejadilho em plástico reforçado a fibra de carbono com duas nervuras concebidas para facilitar a circulação do ar, um spoiler na tampa da mala e um para-choques traseiro redesenhado com um difusor e duas ponteiras de escape de cada lado.

Em termos de dimensões, o M3 cresceu face ao antecessor (F80), com 4794 mm de comprimento (mais 108 mm), 1903 mm de largura (mais 26 mm) e 1433 mm de altura (mais 8 mm). O mesmo aconteceu com o M4, cuja largura aumentou, no entanto, apenas 18 mm e a altura 1 mm. Ambos têm uma distância entre eixos de 2857 mm (mais 45 mm).

As opções de cores de exteriores passou a incluir o Sao Paulo Yellow e o Isle of Man Green metalizado e o Toronto Red metalizado. Existe ainda um pack exterior M Carbon opcional e já foi divulgado o novo catálogo de acessórios M Performance Parts.

No interior, destaque para os novos bancos M Sport (9,5 kg mais leves) que podem incluir pela primeira vez a função de ventilação, volante M Sport com botões M para acionar os modos de condução, painel de instrumentos e ecrã de infotainment com design M e elementos decorativos específicos.

Entre o equipamento de série consta o Live Cockpit Professional, que providencia navegação com apoio da cloud, compatibilidade Apple Carplay e Android Auto, climatização de três zonas e luz ambiente em LED.

Já entre os sistemas de apoio à condução destaque para a nova geração do HUD com grafismo M (em opção), BMW Drive Recorder que grava imagens recolhidas em redor do carro, e os faróis em laser. Novo é também o sistema opcional M Drive Professional que inclui a função em estreia M Traction Control que ajusta o controlo de estabilidade em 10 fases e o Drift Analyser.

Em termos de motorizações, os dois novos modelos estão disponíveis com um motor de seis cilindros 3.0 biturbo em versões de 480 CV e 550 Nm e 510 CV e 650 Nm. Com 1730 kg, o novo M3 Competition tem uma relação peso/potência de 303 cv/tonelada e o M4 Competition, 5 kg mais leve, 304 cv/tonelada.

Apesar do novo motor partilhar a sua arquitetura com o anterior, inclui vários elementos novos, nomeadamente turbos reconfigurados, sistema de injeção modificado capaz de uma pressão até 350 bar, novo filtro de partículas e um aumento da fase do ciclo do motor para 90 mm, aumentando a cilindrada em 14 cc para 2993 cc.

Quando equipado com o pack M Driver é possível acelerar de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos na versão normal e em 3,8 segundos na versão de topo, sendo que a velocidade máxima é de 290 km/h, independentemente da versão escolhida.

Os modelos base contarão com tração traseira e caixa manual de seis velocidades a funcionar em conjunto com um diferencial eletrónico Active M e os modelos Competition oferecerão pela primeira vez a partir de meados de 2021 um sistema de tração integral variável M xDrive. A caixa automática de oito velocidades é de série no modelo mais potente.

Ao nível do chassis, o M3 e o M4 utilizam uma configuração de triângulos sobrepostos em alumínio no eixo dianteiro e de cinco braços independentes no eixo posterior, em combinação com um sistema de amortecimento adaptativo. As jantes são de 18 polegadas à frente e de 19 polegadas atrás.

Em matéria de travões os novos modelos da casa germânica contam com discos de 380 mm mordidos por pinças de seis êmbolos na frente, enquanto na traseira usam discos de 370 mm com apenas uma maxila no eixo posterior, que ajudam o sistema de travagem específico, que proporciona dois tipos de resposta e sensação no pedal de travão.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...