Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Dacia revela novos Sandero, Sandero Stepway e Logan

Com os novos Sandero, Sandero Stepway e Logan, a Dacia renova a oferta no segmento dos citadinos e dos compactos polivalentes, para responder a todas as necessidades dos clientes particulares.

Apesar de apresentarem as mesmas dimensões exteriores, os novos modelos oferecem mais modernidade, generosidade e polivalência, sem, contudo, descurarem os princípios fundamentais da marca: simplicidade e fiabilidade.

Mudaram de plataforma e propõem um nível acrescido de equipamentos, mais sistemas de segurança ativa e passiva, novas motorizações (entre elas uma bicarburação gasolina/GPL), uma nova caixa automática e uma inédita caixa manual de 6 velocidades.

O novo Sandero apresenta-se com uma personalidade forte e uma imagem de robustez. As linhas gerais são, no entanto, mais fluidas, graças ao para-brisas mais inclinado, ao tejadilho mais baixo (-1 cm) e à linha de tejadilho recuada. A altura ao solo permanece inalterada (133 mm com o automóvel carregado).

As óticas dianteiras e traseiras inauguram a nova assinatura luminosa da Dacia em forma de Y. À frente como atrás, uma linha horizontal une os dois grupos óticos e prolonga-se nas respetivas linhas LED, contribuindo para a impressão visual de um automóvel mais largo.

Os faróis de LED, cujo acendimento automático é de série em todos os níveis de acabamento, proporcionam uma melhor visibilidade em condução noturna (+37% de profundidade, +9% de largura espetral).

Os puxadores das portas beneficiam de um design mais ergonómico. Na maioria das versões, o comando de abertura do porta-bagagens é elétrico e foi deslocado para a parte inferior do portão traseiro, favorecendo a estética e o carácter prático. No interior, o quadro de instrumentos foi enriquecido com uma inserção em material têxtil com toque granulado e os arejadores têm uma forma inédita. Na Dacia, a melhoria da qualidade percebida junta o útil ao agradável.

O novo Sandero Stepway é imediatamente identificável através de um capô específico, nervurado e mais curvo, pelo logótipo Stepway cromado sob a grelha dianteira e pelas aletas curvas logo acima das luzes de nevoeiro. Os para-choques dianteiro e traseiro integram um resguardo em cor de metal.

O novo Sandero Stepway exibe os códigos de design do mundo dos crossovers, com uma distância ao solo sobrelevada de 174 mm (+ 41 mm relativamente ao Sandero, sobretudo graças a um diâmetro de pneus aumentado), às barras de tejadilho com logótipo, aos imponentes alargadores das cavas de rodas e às embaladeiras reforçadas com uma textura específica.

As barras de tejadilho do Sandero Stepway são modulares. Em apenas alguns segundos, graças a uma chave guardada no porta-luvas e sem complicados processos de desmontagem, transformam-se numa sólida galeria de tejadilho, cuja capacidade de carga de 80 kg é idêntica à das barras de tejadilho convencionais.

No interior, os estofos com logótipo Stepway estão decorados com inserções em material têxtil e listas laranja nos contrafortes das portas e do painel de bordo.

Totalmente novo, o design do novo Logan é mais fluido, graças a um comprimento total com mais 3,6 cm, uma maior distância entre eixos e uma reduzida distância do vão traseiro. De perfil, parece mais esguio, graças ao para-brisas mais inclinado e ao tejadilho 1 centímetro mais baixo. A assinatura luminosa em Y e o design mais qualitativo de alguns elementos, como os puxadores das portas, são características idênticas às do novo Sandero.

O novo Logan é um veículo familiar que cuida dos ocupantes. O raio ao nível dos joelhos dos passageiros traseiros aumentou 42 mm, tornando-se assim num dos maiores do mercado. Nas costas dos novos bancos dianteiros, uma mesa tipo avião inclui um porta-bebidas, sendo que o seu comprimento é ajustável em 70 mm, para se adaptar à morfologia e às necessidades de cada um.

A bagageira do novo Logan é uma das maiores do mercado (segmento B), com uma capacidade de 528 litros. Para facilitar o acesso, o limiar de carga foi rebaixado 19 milímetros.

Qualquer que seja o nível de acabamento, o novo Logan está equipado de série com trancamento centralizado das portas, destrancamento e abertura da tampa da bagageira à distância, através do botão da chave ou do cartão mãos livres.

A bagageira do Novo Logan está equipada ainda com um inédito sistema organizador: quatro separadores amovíveis entre si podem ser instalados para dividir a bagageira em 4 espaços diferentes, com um tamanho modulável em função das necessidades.

Mais equipamentos

Qualquer que seja o nível de acabamento, o equipamento de série para os três modelos inclui um suporte para smartphone (amovível consoante as versões), um ecrã de computador de bordo, comandos do regulador e do limitador de velocidade no volante e ativação automática dos faróis.

Estão disponíveis de série ou em opção, um novo sistema de ar condicionado automático com indicação digital, cartão mãos livres com botão para abertura à distância da bagageira, travão de estacionamento elétrico, câmara de marcha-atrás, sistema de ajuda ao estacionamento dianteiro e traseiro e ativação automática dos limpa-vidros.

Por último e pela primeira vez na Dacia, em 2021, será proposto um teto de abrir elétrico em vidro no novo Sandero e no novo Sandero Stepway.

Os modelos franceses estão disponíveis três sistemas multimédia: Media Control, Media Display e Media Nav.

Com o Media Control, o smartphone, instalado num suporte dedicado, transforma-se num sistema multimédia independente, graças à nova aplicação gratuita Dacia Media Control e a uma ligação Bluetooth ou por USB. Este dispositivo permite aceder facilmente ao rádio, a música, a chamadas e mensagens, a aplicações GPS e a muitas outras funcionalidades, como o assistente com comando por voz Siri ou Android. Os comandos do rádio estão acessíveis no volante e num satélite de comandos por trás do volante.

Sem smartphone ligado ao Media Control, o rádio e a leitura de ficheiros continuam disponíveis através da entrada USB.

Este equipamento multimédia inclui dois altifalantes, uma ligação Bluetooth e USB e um ecrã digital TFT de 3,5 polegadas colocado entre os mostradores, onde são exibidas também as informações do rádio.

Com o Media Display e os quatro altifalantes, a consola está equipada com um ecrã tátil de 8 polegadas, em posição elevada, para oferecer a melhor visibilidade e ergonomia. A interface intuitiva dispõe de conectividade Bluetooth e é compatível com os sistemas para smartphone Android Auto e Apple CarPlay. Um inédito separador «veículo» permite aceder às regulações de alguns dos sistemas de ajuda à condução.

Por fim, com o Media Nav, o sistema multimédia beneficia da navegação integrada a bordo e da conectividade sem fios para Apple CarPlay e Android Auto. O sistema de som dispõe de 6 altifalantes no total.

Segurança

Os novos Sandero, Sandero Stepway e Logan são os primeiros modelos Dacia a beneficiar de uma plataforma modular CMF. A estrutura foi reforçada ao nível do alojamento do motor (vias baixas, longarinas e berços totalmente novos) e do habitáculo.

A presença de novos sensores de pressão de porta e de um acelerómetro permite uma deteção antecipada das colisões laterais para uma ativação mais rápida dos novos airbags tipo cortina e laterais que protegem o abdómen, o tórax e a cabeça.

Os modelos estão equipados, de série, com seis airbags, cintos de segurança com limitador de esforço, pré-tensores à frente e atrás e chamada de emergência em caso de acidente (botão SOS situado ao nível da luz de teto).

Para uma melhor proteção, os novos bancos dianteiros beneficiam de uma estrutura otimizada. Os apoios de cabeça dianteiros estão equipados com o sistema de proteção cervical.

Sistemas de ajuda à condução (ADAS)

Além do limitador de velocidade e do ESC da última geração propostos de série, do regulador de velocidade com comandos ao volante (em opção, consoante o nível de acabamento), os novos Sandero, Sandero Stepway e Logan beneficiam da última geração de sistemas de ajuda à condução:

  • Sistema de travagem ativa de emergência: ativo entre os 7 e os 170 km/h, o sistema deteta, graças ao radar dianteiro, a distância para o veículo da frente (quer esteja parado ou em movimento). Se for detetado um risco de colisão, o sistema alerta o condutor através de um sinal visual e acústico antes de:

amplificar o desempenho do sistema de travagem, se o condutor travar, mas o perigo persistir.

acionar automaticamente ou com mais força os travões, se o condutor não travar ou a sua força de travagem não for suficiente.

  • Sensor de ângulo morto: ativo a partir de 30 km/h e até aos 140 km/h, o sistema avisa o condutor de um potencial perigo de colisão com outro veículo, situado ao seu lado ou atrás de si, durante as manobras de mudança de via. Quatro sensores ultrassónicos (2 à frente e 2 atrás) detetam objetos em movimento – incluindo veículos e motorizadas – situados na zona de ângulo morto. Se algo ou alguém se encontrar dentro da zona de ângulo morto, acende-se um LED no retrovisor exterior do lado correspondente.
  • Sistema de ajuda ao estacionamento: este sistema, constituído por 4 radares dianteiros, 4 radares traseiros, uma câmara traseira e linhas de orientação dinâmicas, facilita as manobras, graças a alertas sonoros e visuais.
  • Sistema de ajuda ao arranque em subida: durante dois segundos, este dispositivo impede que o automóvel recue ao retomar o andamento em piso inclinado, quando o condutor levanta o pé do pedal de travão para carregar no acelerador.

Motorizações

Uma gama de motores a gasolina Euro 6D-Full

Estes motores cumprem a norma Euro 6D-Full que entrará em vigor em 1 de janeiro de 2021.

  • SCe 65 (não disponível no Sandero Stepway): 3 cilindros 1.0 L atmosférico, motor de entrada de gama, associado a uma caixa manual de 5 velocidades.
  • TCe 90: 3 cilindros 1.0 L turbocomprimido, combinado com uma caixa manual de 6 velocidades ou uma caixa automática do tipo CVT.
  • TCe 100 ECO-G: um novo bloco de 3 cilindros 1.0 L turbocomprimido, com bicarburação GPL, associado a uma caixa manual de 6 velocidades.

Bicarburação gasolina/GPL com Dacia ECO-G

A Dacia é o único construtor a propor uma alimentação mista a gasolina e gás de petróleo liquefeito, em toda a sua gama de veículos particulares, sob a assinatura ECO-G. A integração em fábrica desta tecnologia comprovada no motor TCe 100 ECO-G é uma garantia de segurança e fiabilidade.

A duração da garantia do construtor, a periodicidade e o custo das operações de manutenção, e o volume do porta-bagagens são idênticos aos de uma versão a gasolina (o depósito de GPL está instalado no lugar do pneu sobressalente).

Ao circular a GPL, o Novo Sandero ECO-G emite, em média, menos 11% de emissões de CO2 (face a um motor a gasolina equivalente). Além disso, oferece mais de 1300 km de autonomia, graças aos 2 depósitos: 50 litros para o de GPL, ou seja, 40 litros de volume útil dado que, por razões de segurança, o enchimento está limitado a 80%. Um acréscimo de 8 litros relativamente à anterior geração do Sandero GP, e 50 litros de gasolina.

Caixa automática CVT

A nova caixa automática CVT, que significa «Continuously Variable Transmission», oferece mudanças de relação de caixa impercetíveis e uma condução reativa (melhor aceleração). Substituta da Easy’R, esta caixa, proposta em combinação com o motor TCe 90, permite reduzir o consumo (caixa mais leve e melhor gestão do motor) e as emissões de CO2 (-11% no Novo Sandero e no Novo Logan, -4% no Novo Sandero Stepway).

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...