Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Mercedes aposta no SUV elétrico todo-o-terreno EQC 4×4²

A Mercedes-Benz revelou um estudo conceptual para mostrar como será a mobilidade elétrica adaptada ao universo dos carros de todo-o-terreno: o EQC 4×4².

Criado pela mesma equipa de desenvolvimento que trabalhou no anterior protótipo E 400 All-Terrain 4×4², esta versão do SUV elétrico conta com uma altura cerca de 20 cm superior face ao modelo de base – graças a uma suspensão com eixos portais que permitem uma maior altura livre da carroçaria ao solo.

“O nosso objetivo é combinar o luxo moderno e a sustentabilidade, mas com um apelo emocional. O EQC 4×4² mostra como a mobilidade sustentável pode ser agradável e divertida de conduzir”, afirmou o engenheiro Jürgen Eberle, que já tinha desenvolvido o anterior protótipo.

O novo EQC 4×4² vem equipado com pneus 285/50 R20, com uma distância ao solo de 293 mm, bastante mais do que os 140 mm do EQC 400 de série na sua posição normal de suspensão, e alargadores nas cavas das rodas para uma aparência mais robusta.

A Mercedes indica ainda valores impressionantes de ângulos de ataque, saída e ventral, de 31.8 graus, 33 graus e de 24.2 graus, respetivamente. A passagem a vau também foi melhorada, sendo de 400 mm em comparação com os 250 mm do EQC de série.

Este concept conta ainda com modo de condução dedicado ‘Off-road’ para percursos fora de estrada, além de um inovador sistema acústico que é composto por sons que dão ao condutor um feedback sobre a disponibilidade do sistema e do estacionamento do veículo, além de um som de direção interativo.

Esta tecnologia utiliza algoritmos sonoros inteligentes para calcular os sons vindos do amplificador do sistema de som em tempo real e dos altifalantes no interior para os reproduzir.

O EQC de produção usa o gerador de ruído externo Acoustic Vehicle Alert System (AVAS), exigido por lei, para reproduzir os sons, enquanto o EQC 4×4² possui um AVAS mais potente composto especificamente para este modelo, utilizando os faróis como “alto-falantes” externos para esse fim.

Em termos de motorização, elétrica obviamente, o modelo germânico mantém o sistema de motor duplo com uma potência combinada de 408 CV assente numa bateria de iões de lítio de 405 V com uma capacidade de 230 Ah e 80 kWh.

A Mercedes-Benz já fez saber que o modelo não deverá chegar à produção.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...